Imagem da matéria: Ashton Kutcher Faz Doação de US$ 4 Milhões em Ripple em Programa de TV
Ator americano explica para Ellen como funciona a criptomoeda (Foto: Michael Rozman/WarnerBros.)

O ator e investidor americano, Ashton Kutcher, presenteou em rede nacional um instituto em prol de animais selvagens que leva o nome da também americana e apresentadora de talk show, o ator doou US$ 4 milhões em Ripple durante o programa ‘The Ellen DeGeneres Show’ na quarta-feira (23).

Kutcher, cofundador da empresa de capital de risco Sound Ventures, disse que foi um presente de aniversário e também uma ação filantrópica da empresa e que atitude veio após um encontro com Chris Larsen, CEO da Brad Garlinghouse e também cofundador da Ripple.

Publicidade

“Estávamos conversando sobre a ética da Ripple e a importância que ela dá à filantropia, doando uma parte de si para pessoas que fazem bem ao mundo”, disse o ator à apresentadora responsável pelo ‘Ellen Degeneres Wild Life Fund’, instituto que recebeu a doação.

Questionado pela apresentadora, o ator explicou o que era e como funcionava a criptomoeda.

“Em vez de pedir pra entrar aquele cheque gigantesco de doações a gente pode neste momento, por exemplo, enviar para qualquer lugar do mundo, apertando esse botão”, explicou o investidor.

A transação da doação foi realizada usando um aplicativo de pagamento da plataforma. Ellen, emocionada, apertou o botão de transferência e achou incrível.

Kutcher investe na Ripple e sempre que há oportunidade ele explica como as criptomoedas podem facilitar transações transnacionais quase que instantaneamente.

Publicidade

Ele é um dos atores mais famosos dos Estados Unidos desde a época do famoso seriado “That ’70s Show”, onde ele interpretava Michael Kelso.

Ele também investiu no processador de pagamento de criptomoedas BitPay através da A-Grade Investments, que é uma empresa de fundo de risco. Kutcher sempre foi um entusiasta do bitcoin.

A Ripple já doou dezenas de milhões de dólares em XRP para organizações sem fins lucrativos nos últimos meses. Em meados de março, a empresa doou US$ 29 milhões em XRP para financiar projetos de sala de aula nos Estados Unidos.

Na ocasião, a empresa disse ser o maior presente de criptomoedas de todos os tempos para uma única instituição de caridade. Ela atendeu a milhares de pedidos de professores de escolas públicas no site de crowdfunding DonorsChoose.org.

Publicidade

O Ellen Degeneres Wild Life Fund, além de “salvar gorilas”, como disse a apresentadora durante a conversa com Kutcher, a organização foi criada para apoiar os esforços globais de conservação de espécies criticamente ameaçadas, como os gorilas selvagens de Ruanda, na África Oriental.

O projeto também capacita as pessoas que vivem perto dos gorilas a prosperarem em relação ao seu próprio ecossistema.

BitcoinTrade

Comprar e vender Bitcoin e Ethereum ficou muito mais fácil. A BitcoinTrade é a plataforma mais segura e rápida do Brasil. Além disso, é a única com a certificação de segurança PCI Compliance. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: https://www.bitcointrade.com.br/

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

A gestora de fundos apontou no formulário de aplicação que terá como parceiros custodiantes dos ativos a Coinbase, LLC e a BitGo
Imagem da matéria: Receita Federal irá exigir informações de corretoras estrangeiras de criptomoedas

Receita Federal irá exigir informações de corretoras estrangeiras de criptomoedas

“Estamos preocupados em obter informações sobre a riqueza brasileira sujeita a tributação aqui”, afirma diretora da Receita Federal
Moeda de Dogecoin e gráfico de queda de preço

Dogecoin (DOGE) desaba 10% e gera maior liquidação desde 2021

Queda do preço da memecoin mais famosa ocorre após US$ 60 milhões em futuros de DOGE serem liquidados junto com mercado
Imagem da matéria: Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Relatório da Crystal Intelligence mostra que em 13 anos ocorreram 785 casos de roubos de criptomoedas, no valor total de US$ 19 bilhões