ekoparty-divulgação
Argentina recebe conferência de hackers da América Latina

A cidade de Buenos Aires, na Argentina, sedia até esta sexta-feira (04) o Ekoparty Security Conference 2022, um dos maiores eventos de hackers da América Latina, onde os especialistas de segurança estão discutindo vários temas atuais, como os ataques cibernéticos com ransomware.

Segundo a organização, a 18ª edição do Ekoparty reúne mais de 40 palestrantes internacionais e locais no Centro de Convenções de Buenos Aires.

Publicidade

A conferência tem como foco principal o papel que os profissionais desta área estão desempenhando atualmente, diante de um panorama crescente de segurança ofensiva, cibercrime e ataques com malwares e ransomwares.

Palestras sobre as carteiras virtuais, que ganharam popularidade nos últimos anos, também estão em debate, assim como os meios cibernéticos utilizados na guerra entre a Ucrânia e a Rússia — “tanto antes como durante os ataques”, comenta o site Infobae.

Nesse sentido, diz o site, o pesquisador da ESET Robert Lipovsky fez apresentação sobre “O passado e o presente da guerra cibernética da Ucrânia” onde explica como vários grupos russos de ATP (Advanced Persistent Threat) foram mobilizados contra da rede elétrica ucraniana com o Industroyer2, que é um tipo de malware especialmente projetado para causar apagões.

Outro ponto é o crescimento de ataques a computadores de grandes empresas e governos, além daqueles direcionados ao usuário comum de internet.

Publicidade

Um tweet da Ekoparty mostra um trecho do painel “Hackeando a NASA: O que podemos fazer com o Raspberries PI hoje?” — Raspberry Pi (ou RPi) é um micro-computador em única placa.

No segundo dia de evento, na quinta (03), os especialistas em cibersegurança debateram os ataques hacker Mercado Pago, Getnet, entre outros, comentou o Clarín.

“O objetivo da palestra foi mostrar como certas questões mal implementadas permitem que criminosos abusem e consigam, por exemplo, fazer compras que o usuário não fez”, disse ao jornal, o especialista em segurança Dan Borgogno.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis! 

VOCÊ PODE GOSTAR
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino
scanner plano digitaliza a palma de uma mão

TON oferece R$ 25 milhões para escanear mãos dos investidores

HumanCode se junta à The Open Network para oferecer um milhão de Toncoin como incentivo em programa de digitalização de palma da mão baseado em IA
silhueta de executivo triste em frente a computador

Trader que lucrou milhões com manipulação de preços vai a julgamento; caso pode impactar setor DeFi

Trader que lucrou US$ 100 milhões manipulando preços na exchange descentralizada Mango Markets começa a ser julgado hoje nos EUA