bitcoin ao lado de ampulheta
Shutterstock

O Bitcoin (BTC) está sendo negociado acima de US$ 60 mil e pouco abaixo de seu recorde de preço, mas a quantidade de dinheiro investido no ativo já voltou ao seu topo recorde, de acordo com dados on-chain.

A “capitalização realizada” do Bitcoin aumentou para US$ 467,2 bilhões – apenas US$ 500 milhões (0,22%) longe de sua máxima de abril de 2022, de US$ 468,3 bilhões, informou a empresa de análise de criptomoedas Glassnode no X.

Publicidade

A “capitalização realizada” é uma métrica que mede o valor total de todos os bitcoins reunidos com base no tempo e preço em que cada moeda individual foi movida pela última vez, explica a Glassnode. Isso é diferente da “capitalização de mercado”, que mostra o valor total de todos os bitcoins com base no preço de mercado atual do ativo.

“Isso significa que o verdadeiro capital ajustado pela liquidez investido, economizado e armazenado no BTC está agora em novas máximas”, postou James Check, analista líder da Glassnode, no X na quarta-feira.

Os analistas consideram o limite realizado do Bitcoin uma estimativa da base de custo do Bitcoin para o participante médio da rede. Portanto, quando comparado ao valor de mercado do Bitcoin por meio da relação entre valor de mercado e valor realizado (MVRV), é simples determinar se o comprador médio de BTC tem lucro ou prejuízo.

Na segunda-feira, o último relatório da Glassnode mostrou que o valor MVRV atual do Bitcoin estava em 2,14, o que significa que o investidor médio agora tem lucros não realizados de 114%, mais do que dobrando seu dinheiro investido na criptomoeda.

Publicidade

Dados recentes do IntoTheBlock corroboram com isso, mostrando um índice MVRV de 2,22, com 97% dos investidores em Bitcoin com algum grau de lucro.

A alta do Bitcoin

O Bitcoin disparou para mais de US$ 63.500 na quarta-feira e agora é negociado a US$ 62.600. As únicas outras vezes em que o Bitcoin foi negociado nesse patamar foram durante abril de 2021 e novembro de 2021. Nessas duas ocasiões, o Bitcoin renovou seu recorde de preço antes de sofrer quedas vertiginosas.

Dito isto, tanto Glassnode quanto IntoTheBlock concordam que o BTC tem muito espaço para crescer antes de atingir seu próximo topo cíclico.

“Embora historicamente sinalizasse um pico quando o MVRV estava próximo de 4, o número diminuiu a cada ciclo”, escreveu o IntoTheBlock na terça-feira.

Publicidade

A empresa também sugeriu que a participação do investidor de varejo no Bitcoin ainda está inativa, com base em um número relativamente estável de novos endereços de rede.

Por outro lado, Eric Balchunas, analista de ETF da Bloomberg, afirma que a participação do varejo pode estar esquentando por meio dos recém-lançados ETFs de Bitcoin, que tiveram muitas pequenas negociações individuais na terça-feira.

“Isso antes de eles terem opções e/ou estarem disponíveis em muitas plataformas de consultoria”, escreveu Balchunas na quarta-feira. “Definitivamente, um grande componente de varejo, dado o tamanho das negociações”.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin e ethereum com gráfico ao fundo

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 72 mil com halving cada vez mais próximo; ETH dispara 6%

É a primeira vez que o Bitcoin bate a marca de US$ 72 mil desde meados de março
Imagem da matéria: Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por "cruz da morte"; entenda os efeitos

Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por “cruz da morte”; entenda os efeitos

A “cruz da morte” poderá frear os avanços do Ethereum e demais altcoins
Imagem da matéria: Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Mudanças do Código Civil incluem o reconhecimento da herança digital, que inclui criptomoedas, além de senhas de redes sociais e de milhas aéreas
Imagem da matéria: Grupo de bancos centrais lança projeto de tokenização para aprimorar sistema financeiro global

Grupo de bancos centrais lança projeto de tokenização para aprimorar sistema financeiro global

Projeto quer aproveitar contratos inteligentes e tokenização para acelerar os serviços que os bancos centrais oferecem às instituições financeiras globais