Imagem da matéria: Analista mostra 7 razões pro Bitcoin atingir novo recorde de preço em 2020
(Foto: Shutterstock)

O analista e co-fundador da Fundstrat Global, Tom Lee diz que a pior fase do Bitcoin já passou e mostra sete razões que irão impulsionar a criptomoeda.

Em entrevista à CNBC, Lee disse que o preço do bitcoin provavelmente verá uma nova máxima em 2020, superando a marca anterior de US$ 20.000. Lee é famoso por previsões de preços mas, nessa última, ele se baseou em sete fatores em que acredita que farão o BTC valorizar.

Publicidade

1- Halving está a caminho

A cada quatro anos, a recompensa do bloco do bitcoin é cortada pela metade. Em 2016, no último having, cada bloco passou a dar 12,5 BTCs e, em 2020, a recompensa cairá para 6,25.

O próximo halving deve acontecer por volta do dia 23 de maio de 2020. Historicamente, o preço do bitcoin começou a subir um ano antes dos halvings anteriores. Tom Lee prevê que a redução da oferta irá impulsionar a recuperação do bitcoin.

2- Volume de negociação crescendo

Os volumes de negociação de bitcoin estão se aproximando dos seu recordes históricos. Lee cita o aumento da adoção de bitcoin na Venezuela e na Turquia:

“Só pegando esses dois países, eles estão perto de 30% do aumento na atividade dentro da rede do Bitcoin, por isso é significativo. As pessoas estão dizendo: “Não confie no uso dessas moedas locais. Eu não confio nos bancos. Eu vou começar a usar o bitcoin.” E isso é o que está causando o volume realmente decolar”.

Publicidade

3- Bitcoin rompe sua média móvel de 200 dias

No início do mês, o bitcoin fechou acima de sua média móvel de 200 dias em um sinal técnico forte de alta. A última vez que isso aconteceu foi em outubro de 2015 e o bitcoin passou a dar início a um movimento de alta que durou dois anos.

4- Índice de Angústia do Bitcoin está positivo

O Índice de angústia (IMC) do bitcoin mede o sentimento do investidor usando um composto de volatilidade, preço e atividade de negociação do bitcoin. Em abril, atingiu seu ponto mais alto desde meados de 2016.

Lee vê isso como um sinal de que um mercado em alta está se formando, uma vez que o índice positivo só ocorre durante os mercados em alta. No entanto, ele também reconheceu que o bitcoin teve uma queda de 25% no curto prazo na última vez em que o IMC atingiu esse ponto.

5- Aumento de 70% em negociações de OTC

De acordo com uma pesquisa da Fundstrat, investidores institucionais estão investindo em bitcoins por meio de mercados de balcão (over-the-counter – OTC). Os mercados de balcão existem fora das principais exchanges e supostamente respondem por metade de todo o volume de negociação de bitcoin.

Publicidade

Lee alega que a atividade de negociação no mercado de balcão aumentou entre 60% e 70%, o que é um sinal claro de que “muito dinheiro” está chegando ao mercado.

6- Consenso de que a queda acabou

Lee aponta para um os grandes investidores que dizem que o bitcoin já caiu o que tinha que cair. Ele afirma repetidamente que as “baleias”, que tiraram dinheiro do mercado no início de 2018, agora estão começando a colocar seu dinheiro de volta no bitcoin.

7- “Cruz de ouro” do Bitcoin

Por fim, Lee aponta para o indicador técnico de “cruz de ouro”. A cruz de ouro é outro indicador extremamente positivo que tradicionalmente confirma um movimento otimista.

A “cruz de ouro” acontece quando a média móvel de 50 dias do Bitcoin cruza acima de sua média móvel de 200 dias.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse:https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Imagem da matéria: Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

As baleias de Bitcoin compraram avidamente a última queda; investidores de longo prazo agora aguardam a próxima alta para realizar lucros