Imagem da matéria: Análise Técnica Bitcoin 08/09/19: Possível queda antes de voltar a subir

Houve um aumento constante no preço do bitcoin acima da resistência de US$ 10.500 mas o preço corrigiu depois de ser negociado para uma nova alta mensal próxima de US$ 11.000.

Existe uma importante linha de tendência de alta com suporte próximo a US$ 10.200 no gráfico de 4 horas do par BTC/USD.

Publicidade

Pode haver uma correção negativa em direção ao suporte de US$ 10.100 antes de um novo aumento.

Análise semanal do preço do Bitcoin (BTC)

Na última previsão semanal, discutimos a importância da resistência de US$ 10.000 para o preço do bitcoin. O par BTC/USD continuou bem requisitado e conseguiu superar a resistência de US$ 10.000. Além disso, houve uma quebra acima da resistência de US$ 10.500 e da média móvel simples de 100 (4 horas). Finalmente, o preço subiu acima de US$ 10.800 e foi negociado próximo a US$ 11.000.

Um swing de alta foi formado perto de US$ 10.949 antes do preço iniciar uma correção de baixa. Houve um declínio acentuado abaixo dos níveis de suporte de US$ 10.800 e US$ 10.500. Além disso, houve uma quebra abaixo do nível de retração de 23,6% de Fibonacci. Finalmente, houve uma quebra abaixo de US$ 10.400. No entanto, o preço ficou acima do suporte de US$ 10.000 e da média móvel de 100 horas.

Além disso, o preço está sendo negociado muito acima do nível de retração de 50% de Fibonacci. Há também uma linha de tendência de alta importante com suporte próximo a US$ 10.200 no gráfico de 4 horas do par BTC/USD. Se houver uma queda negativa abaixo do suporte da linha de tendência, poderá haver uma queda abaixo de US$ 10.000 no curto prazo.

No lado positivo, uma resistência inicial está próxima de US$ 10.600. Se houver um rompimento acima de US$ 10.600, o preço poderá rever a resistência de US$ 10.800. Por fim, um fechamento acima de US$ 11.000 talvez possa definir o ritmo de um movimento ascendente maior em direção a US $ 11.700.

Publicidade

Olhando para o gráfico, o preço do bitcoin parece estar corrigindo ganhos, mas está sendo negociado bem acima da área de suporte de US$ 10.200. O suporte principal está próximo de US$ 10.000, abaixo do qual o preço pode ficar em baixa nas próximas sessões. Em contrapartida, o preço pode continuar se aproximando de US$ 10.800 e US$ 11.000. No geral, pode haver outra queda para US$ 10.100 antes de um novo aumento.

  • A análise foi traduzida do site NewsBTC e não é uma indicação de compra ou venda.

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares