Imagem da matéria: Americano é condenado por sequestrar amigo e roubar US$ 1,8 milhão em Ethereum
(Foto: Shutterstock)

Um americano do estado de Nova Jersey foi considerado culpado por sequestrar o próprio amigo e roubar US$ 1,8 milhão na criptomoeda Ethereum. O crime aconteceu na Times Square, em Nova York. No período de um ano, o Distrito da Procuradoria de Manhattan já tratou de 25 casos relacionados a moedas digitais.

Louis Meza confessou ter participado do sequestro e roubo durante julgamento no início de setembro. O crime aconteceu em 4 de novembro de 2017. A investigação, que já chegou à fase de julgamento dos réus, identificou em junho que pelo menos três outros homens que colaboraram com a realização do delito, segundo o Wall Street Journal.

Publicidade

No dia do crime, Meza encontrou seu amigo no bar Ruby Tuesday. Após tomarem algumas bebidas, Meza pegou seu celular e fingiu ter chamado um Uber. Quando estavam no carro, que estava sendo dirigido por um comparsa do crime, o motorista sacou uma arma e ameaçou a vítima. Ela conduziu os criminosos até seu apartamento, no Bronx.

Chegando lá, Meza e seu comparsa pegaram um disco rígido portátil que continha cerca de US$ 1,8 milhão em ether, segundo valores da época.

Louis Meza foi declarado culpado por sequestro de segundo grau e roubo qualificado na Suprema Corte do estado em Manhattan. O réu fez acordo com o júri de receber 10 anos de prisão, mas sua sentença definitiva está para ser decidida.

O caso é diferente dos outros roubos envolvendo criptomoedas nesse distrito jurídico. Todos os outros foram feitos inteiramente por meios eletrônicos, com hackers e furto de senhas. É o primeiro crime do tipo envolvendo uma tática de sequestro para obter moedas digitais na região.

Publicidade

O advogado do réu defendeu seu cliente dizendo que ele “nunca havia se metido em problemas antes” e que é um “homem de negócios”. Outros três suspeitos de participarem do caso foram indiciados em junho, mas Meza não aceitou colaborar na investigação sobre seus parceiros de crime.

Além do tempo de prisão que deverá cumprir, Meza foi obrigado a devolver o equivalente a US$ 1 milhão em criptomoedas.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin lança emissão de Renda Fixa Digital da Bolt Energy

Mercado Bitcoin lança emissão de Renda Fixa Digital da Bolt Energy

A parceria teve início em 2022 e atinge R$ 24 milhões captados à empresa de energia
Fachada da Braiscompany em Campina Grande PB- Portal do Bitcoin

Justiça irá leiloar imóveis de operador financeiro da pirâmide Braiscompany

Imóveis são de  Joel Ferreira de Souza, que segundo o MPF auxiliava a Braiscompany a trocar criptomoedas por dinheiro fiduciário
Imagem da matéria: Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mais de uma década após a maior exchange de Bitcoin do mundo ser hackeada, os credores da Mt. Gox finalmente receberão seus reembolsos; aqui está o que aconteceu