Imagem da matéria: Agora você pode usar seu domínio ".com" como endereço Ethereum
(Foto: Shutterstock)

Os domínios do Ethereum Name Service (ENS) são diferentes dos sites tradicionais do Domain Name System (DNS). Os ENS podem ser atribuídos a uma carteira Ethereum para facilitar o envio de fundos e ativos, pois são muito mais fáceis de lembrar do que um endereço de carteira alfanumérico típico. Mas os navegadores típicos não podem fazer muita coisa com eles.

Agora, os dois estão se aproximando graças a uma nova aliança entre ENS e a GoDaddy. O registrador de domínio da web acabou de se conectar ao ENS para tornar possível vincular um endereço DNS (como .com ou .net) a um nome ENS (.eth), para que o domínio DNS possa ser usado com aplicativos de criptomoedas, carteiras e mais.

Publicidade

“Com este marco, estamos avançando em nossa missão de construir uma Internet mais segura, descentralizada e fácil de usar”, disse o fundador do ENS, Nick Johnson, em um comunicado.

“O ENS, assim como o DNS, é um bem público e uma parte essencial da infraestrutura da Internet”, continuou ele. “Ao combinar nomes ENS e domínios GoDaddy, simplificaremos a forma como os usuários interagem com os domínios da web, combinando a familiaridade do DNS com o potencial da tecnologia blockchain”.

De acordo com uma postagem oficial, a GoDaddy adicionou uma nova seção ao seu painel de gerenciamento de domínio, permitindo aos usuários emparelhar um nome ENS com o nome DNS. Não há taxas adicionais para usar o recurso, e o ENS afirma que seu nome de domínio DNS pode então ser usado no lugar do endereço ENS em exchanges e mercados suportados, por exemplo.

O ENS diz que anteriormente era possível importar nomes DNS para sua arquitetura descentralizada baseada em Ethereum, mas que era um processo caro que poderia custar até 0,5 ETH – atualmente no valor de cerca de US$ 1.150. Mas a aprovação da funcionalidade Gasless DNSSEC na semana passada permite a mudança sem taxas de rede tão exorbitantes.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Sam Bankman-Fried da FTX fando em vídeo

Criador da FTX pede que juiz o condene a até 6,5 anos de prisão

Apesar do pedido de seus advogados, Sam Bankman-Fried pode receber uma pena de até 100 anos por seus crimes de fraude envolvendo a quebra da FTX
Imagem da matéria: Criador da Braiscompany é preso na Argentina; veja fotos

Criador da Braiscompany é preso na Argentina; veja fotos

Antônio Neto Ais foi preso na noite passada quando chegava ao condomínio em que morava em Escobar, na Argentina; Sua esposa também foi capturada
coração preso a uma ratoeira

Golpe cripto que usa romance como isca aumentou 85 vezes desde 2020

A receita de “golpes do amor” dobrou de 2022 a 2023, mesmo com a queda do valor total enviado para os golpistas
Celular com logotipo da BInance

Binance vai listar quatro novos pares de negociação com USDC e Lira turca, incluindo Worldcoin

Os novos pares também serão incluídos no serviço Trading Bots (robôs de negociação) da plataforma