Imagem da matéria: Acordo para Elon Musk comprar o Twitter está próximo de naufragar, afirma jornal
Foto: Shutterstock

O acordo comercial do bilionário Elon Musk para comprar o Twitter está em perigo e tem grandes chances de não sair do papel. As informações são do jornal The Washington Post, que entrevistou três pessoas que tem acesso às negociações e falaram sob condição de anonimato.

Segundo a reportagem, Elon Musk e sua equipe já teriam chegado à conclusão de que os dados enviados pelo Twitter sobre o numéro de contas spam e bots não é confiável.

Publicidade

A rede social disse publicamente que os dados apresentados para Musk são os mesmos que são enviados para outros parceiros comerciais e mantém que os números são confiáveis e auditáveis.

Mas a equipe de Musk estaria até mesmo evitando conversas específicas sobre o financiamento dos US$ 44 bilhões que foram anunciados como o preço para a compra do Twitter – desse montante, US$ 33 bilhões sairiam do bolso do empresário.

Uma das fontes que falou com o jornal afirma que em breve a posição de Musk sobre o tema deve mudar drasticamente e vir à tona.

Uma das especulações sobre o acordo é que o motivo vai além das contas spam. O preços das ações do Twitter caiu fortemente desde a proposta feita por Musk em abril, fazendo com que o bilionário avaliasse estar pagando sobrepreço indevido pela empresa.

Publicidade

Mas os termos do acordo não possibilitam que Elon Musk simplesmente desista. Após a oficialização da proposta, o negócio só pode deixar de ser efetivado se, no processo de aquisição surgir um elemento não conhecido anteriormente e muito relevante. De acordo com a reportagem, o dono da Tesla estaria então batendo na tecla de que não tinha ideia da proporção de contas fake na plataforma.

A briga pelos dados do Twitter 

O embate entre a empresa e o bilionário sobre a entrega dos dados já se estende desde meados de maio, quando Musk tuitou que o acordo poderia não se concretizar caso a rede social não fornecesse informações sobre quantas contas falsas existem na plataforma.

Elon Musk afirma que 20% de todas as contas que existem hoje no Twitter são falsas, uma porcentagem quatro vezes maior do que os 5% que o CEO da empresa, Parag Agrawal, alega existir.

“Minha oferta [de compra do Twitter] foi baseada na precisão dos documentos do Twitter enviados  à SEC. Ontem, o CEO do Twitter publicamente se negou a comprovar [que existem] menos de 5% [de contas falsas/de spam]. Esse acordo não pode avançar até que ele comprove”, escreveu Musk no dia 17 de maio.

Publicidade

Não sabe qual o melhor criptoativo para o seu perfil? No Mercado Bitcoin, quem está começando a investir tem a melhor experiência de negociação e fica informado sobre tudo! Saiba mais sobre o Mercado Bitcoin!

VOCÊ PODE GOSTAR
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

O que é restaking? Tendência polêmica do Ethereum agora é mercado de US$ 8 bilhões 

Protocolos de restaking que permitem gerar nova liquidez com tokens já travados na rede são vistos como “risco sistêmico” por Vitalik Buterin, criador do Ethereum
Imagem da matéria: PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

“Vandathegod” foi responsável pelo maior vazamento de dados da história do Brasil
piramide financeira criptomoedas

Ex-diretora da pirâmide OneCoin é condenada a 4 anos de prisão nos EUA

Onecoin foi criada pela búlgara Ruja Ignatova, a famosa “Rainha das Criptomoedas” foragida do FBI
Imagem da matéria: Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Grupo de brasileiros se unem no Telegram para tentar entender comunicações da massa falida da FTX em meio ao receio de novos golpes