Imagem da matéria: A curiosa passagem de Vitalik Buterin pela Argentina
Vitalik Buterin na Argentina (Foto:Twitter/@tomipierucci)

Em apenas 10 minutos se esgotaram os ingressos para ver o Vitalik Buterin falar sobre Ethereum no centro cultural Usina del Arte, em Buenos Aires. 

Essa é só uma das rotas que o cofundador do Ethereum, a segunda maior criptomoeda do mundo em valor de mercado, faz ao longo da sua estadia no país vizinho.

Publicidade

Nesses três dias que está no país, Buterin já se tornou meme várias vezes no Twitter, seja por suas vestimentas atípicas como o tradicional poncho e camiseta da seleção argentina de futebol, ou pelas pessoas com quem ele aparece posando em fotos, como o ex-presidente Mauricio Macri.

No sábado (18), o político compartilhou com seus 5 milhões de seguidores no Twitter um registro da sua reunião privada em Palermo com Buterin: 

“Encontro fascinante com Vitalik Buterin, criador do Ethereum, uma das tecnologias descentralizadas mais inovadoras do nosso século. Sua moeda ether é uma das mais valorizadas do mundo. Conversamos sobre o papel das oportunidades das criptomoedas e blockchain para estados”.

Além de políticos, Buterin também se encontrou com empresários e entusiastas da criptomoedas. 

O evento principal que levou o desenvolvedor a viajar para o país foi a comemoração do aniversário de um ano do The Graph (GRT), um protocolo descentralizado de indexação baseado no Ethereum que simplifica a consulta de dados na blockchain.

Publicidade

Naquela festa que aconteceu na última sexta (17), Buterin elogiou iniciativas criadas por desenvolvedores argentinos como Santiago Siri, criador do Proof of Humanity, projeto que propõe renda básica universal por meio da criptomoeda UBI. 

Buterin também experimentou o famoso churrasco argentino com Siri e na ocasião, foi presenteado com uma camiseta 10 da seleção de futebol que estampava seu nome.

De acordo com a La Nacion, outros grandes empresários estavam no encontro com o desenvolvedor, incluindo Tomi Pierucci e Facundo Gómez Minujin do JP Morgan. Já da comunidade cripto, Buterin também foi acompanhado por Damian Sneider da carteira digital Muun, e Esteban Ordano da Decentraland, ambos projetos criados no país vizinho.

A agenda de encontros de Vitalik Buterin continua na terça-feira, quando ele se reúne com o prefeito de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta, para discutir o papel das criptomoedas na economia mundial. Ele conheceu o prefeito no domingo, durante um show da popular banda de rock argentino Soda Stereo.

Publicidade

Por fim, Buterin conclui sua passagem pela Argentina no encontro de terça na Usina del Arte, organizado pela comunidade Ethereum Argentina.

VOCÊ PODE GOSTAR
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins
Imagem da matéria: MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

A plataforma de ativos digitais também promove campanha para recompensar trades realizados até 4 de junho
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Projeto para soluções do sistema carcerário via blockchain vence hackathon na Ethereum Rio

Freedom Chains visa que todo tipo de comportamento do preso seja registrado on chain para evitar corrupção ou injustiças