Imagem da matéria: 500 Milhões de Usuários Foram Afetados pela Mineração de Criptomoedas no Navegador

No início deste ano, a Coinhive causou discórdia na comunidade depois de ser descoberta no site The Pirate Bay. Os usuários perceberam que quando eles tinham a página aberta, o uso da CPU estava aumentando.

The Pirate Bay afirmou que isso era apenas um experimento e que, acidentalmente, definiram o limite de uso da CPU muito alto. Um mês depois, depois de ser removido, o script de mineração de monero apareceu de novo e ainda existe até hoje.

Publicidade

500 milhões de usuários

De acordo com a AdGuard, até 500 milhões de usuários até agora foram alvo da mineração de Monero. O texto escrito pela AdGuard sugeriu que, embora a mineração furtiva seja generalizada, não é particularmente rentável.

Os 500 milhões de usuários referem-se aos 220 sites das 100.000 páginas da web que possuem alguma forma de mineração de CPU instalada. Se o valor da Monero (XMR) continuar a subir, no entanto, é possível que esse tipo de mineração de navegador possa se tornar mais rentável do que os anúncios tradicionais. O pesquisador de segurança independente, Troy Mursch, considera que a Coinhive possa estar fazendo entre US$ 3,7 milhões e US$ 5 milhões por ano, mesmo depois de contabilizar o corte de 30% que receberam, com base em números do próprio site.

A partir daqui, podemos ver a criação de um mercado completamente novo. À medida que mais e mais usuários da Web estão usando cada vez mais bloqueadores de anúncios, a mineração do navegador pode se tornar uma parte essencial da navegação na web no futuro.

O futuro da mineração do navegador

A própria Coinhive recomendou que todos os sites que utilizem sua tecnologia apresentem um aviso visível em suas páginas, indicando que a mineração está acontecendo. O que não está claro é se os webmasters estão em conformidade com esta sugestão ou não.

Publicidade

Para aqueles que não querem ter software de mineração em segundo plano e sem o conhecimento deles, vários plugins anti-mineração foram desenvolvidos que podem ser usados ​​hoje. Alguns exemplos incluem AntiMiner, NoCoin e MinerBlock.

À medida que a adoção de criptomoedas cresce, é provável que vejamos mais e mais mineração ”escondida” pela internet. Algumas serão legítimas e abertas, e algumas serão o trabalho de hackers.

Leia Também: Mineração de Bitcoin Dentro de um Model S da Tesla

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Gary Gensler SEC in GOP Financial Services-Reprodução-Youtube

Presidente da SEC é questionado sobre ETFs de Bonk após aprovação de fundos de ETH

O presidente da SEC, Gary Gensler, adotou uma abordagem menos hostil em relação às criptomoedas em uma nova entrevista e foi questionado sobre o que vem a seguir
Imagem da matéria: ETFs de Bitcoin nos EUA têm entrada de US$ 488 milhões e igualam a mais longa série positiva desde o lançamento

ETFs de Bitcoin nos EUA têm entrada de US$ 488 milhões e igualam a mais longa série positiva desde o lançamento

ETFs de Bitcoin chegaram ao 17º dia seguido de fluxo de entrada com todos os 11 fundos apresentando números positivos ou neutros na quarta-feira
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin começa semana em alta e volta a buscar faixa de US$ 70 mil

Manhã Cripto: Bitcoin começa semana em alta e volta a buscar faixa de US$ 70 mil

Bitcoin abre o primeiro dia útil da semana em forte alta: valorização de 2,5% nas últimas 24 horas, cotado em US$ 69.107
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senado do Paraguai aprova lei que pune com até 10 anos de prisão mineradores de criptomoedas que roubam eletricidade 

Para o relator Ever VIllalba, o PL não criminaliza a mineração de criptomoedas, mas as leis devem ser adaptadas ao setor; PL seguirá para a Câmara dos Deputados