Imagem da matéria: Corretora de criptomoedas Foxbit abre sete novas vagas de trabalho
(Foto: Shutterstock)

A corretora brasileira de criptomoedas Foxbit, com sede na capital de São Paulo, está com vagas abertas para contratar sete novos profissionais.

As vagas são para Head de Produto, Analista Financeiro, Analista de Segurança, Engenheiro DEvOps, Engenheiro Backend, Coordenador, e profissional para o setor de Business Intelligence.

Publicidade

Para a vaga de Head de Produto, por exemplo, a empresa exige inglês fluente. Alguns diferenciais que podem ajudar na contratação são:  possuir experiência com mercado financeiro ou fintechs, conhecimento sobre criptomoedas e certificações de Gestão de Projetos ou de metodologias ágeis.

A maioria das funções exige curso superior. No caso da vaga para Analista Financeiro, por exemplo, a Foxbit exige formação em Contabilidade, Administração de Empresas, Economia ou áreas correlatas.

O tipo de contratação para a maioria das vagas é sob o regime da CLT e a empresa oferece vários benefícios, como Vale Refeição, Vale Transporte, Plano de saúde/odontológico e Seguro de vida.

Para participar da seleção o interessado deve acessar a página de vagas da Foxbit aqui.

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) pisa no freio, mas segura os US$ 41 mil; BlackRock ajusta pedido de ETF

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) pisa no freio, mas segura os US$ 41 mil; BlackRock ajusta pedido de ETF

As mudanças nos pedidos da BlackRock e Bitwise sinalizam que as gestoras estão se esforçando para resolver os impasses para o lançamento de um ETF de Bitcoin
homem segura moedas de Bitcoin, Ethereum e Dogecoin

Ethereum, Dogecoin e Bitcoin Cash se beneficiam de mega alta do Bitcoin

Bitcoin não é a única criptomoeda em alta hoje — mercado em alta puxa várias moedas para cima
Martelo de juíz em frente de bandeira da França

Tribunal francês absolve hackers que exploraram R$ 44 milhões em criptomoedas de protolocolo DeFi

Ao se declararem hackers do bem, os irmãos convenceram o juiz que eles agiram de boa fé por recompensa
Imagem da matéria: Minerador transfere 1.000 bitcoins da "era Satoshi" que estavam parados há 13 anos

Minerador transfere 1.000 bitcoins da “era Satoshi” que estavam parados há 13 anos

Em 2010, essa quantia de Bitcoin era equivalente a apenas US$ 100; hoje, valem US$ 40 milhões