Imagem da matéria: Empresa brasileira de jogos NFT contrata estrategista do Tik Tok
Gui Barbosa. Foto: Divulgação

A BAYZ, organização em jogos play-to-earn, anunciou na quarta-feira (09) a nomeação do brasileiro Gui Barbosa como diretor geral a partir de março deste ano. Segundo comunicado à imprensa, Barbosa vai executar na organização campanhas internacionais para impulsionar o engajamento e o consumo de conteúdo. Até então, o estrategista liderava o setor de Games no TikTok para América Latina e as iniciativas da ByteDance para a região.

Como executivo, Barbosa vai trabalhar em estreita colaboração com equipes internas para identificar, elaborar e pôr em prática ações de inclusão da BAYZ. Isso, diz a nota, inclui avaliar a eficácia e os resultados para garantir que a organização esteja utilizando sua rede de talentos e ativos de classe mundial para fomentar e capacitar comunidades de jogos em todo o mundo.

Publicidade

Para o cofundador da BAYZ Matt “MobileMatt” Rutledge, a experiência de Gui Barbosa no mercado de jogos e o relacionamento com os principais editores e desenvolvedores de do setor “só são inigualáveis à sua paixão por games e eSports”. Ele acrescentou:

“Sabemos que a chegada de Gui Barbosa impactará imediatamente no dia a dia da BAYZ, expandindo nossa capacidade de trazer oportunidades de play-to-earn, em escala global, para os jogadores”.

O também cofundador da organização João Borges, disse que durante o tempo de Barbosa no TikTok e ByteDance “vimos ele transformar a plataforma em um espaço que repercute e engaja a comunidade de jogos”.

Para o próximo diretor da BAYZ, Gui Barbosa, blockchain e organizações descentralizadas são a próxima evolução da tecnologia e domínio da web.

Publicidade

“Como gamer de longa data, acredito na missão da BAYZ de integrar indivíduos ao metaverso por meio de conteúdo educacional e ajudar a capacitá-los em torno das oportunidades de participar da economia blockchain”, finalizou Barbosa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Rafael Rodrigo , dono da, One Club, dando palestra

Clientes acusam empresa que operava opções binárias na Quotex de dar calote milionário; dono nega

Processos judiciais tentam bloquear R$ 700 mil ligados à One Club, empresa de Rafael Rodrigo
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã
Imagem da matéria: Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

O jogador do Atlético Mineiro está desde o ano passado atrás dos valores investidos na WLJC Gestão Financeira através de Bigode
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de forex e criptomoedas de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Kaarat