Imagem da matéria: YouTube apaga outro canal brasileiro de criptomoedas poucas horas após primeiro aviso
Rodrigo Digital, do canal Dash, que teve o canal excluído pelo YouTube. (Foto: Reprodução//Twitter)

Mais um canal ligado ao mercado de criptomoedas no YouTube foi excluído pela plataforma nesta semana. O caso mais recente afetou o Dash Dinheiro Digital, que fez o anúncio na manhã desta terça-feira (21) pelo Twitter.

“O vídeo de ontem foi removido por violar a política de spam. Espero que o @TeamYouTube possa dar uma olhada pois nunca tivemos strikes ou reivindicações de direitos autorais. Essa manhã o canal Dash Brazil foi EXCLUÍDO”.

Publicidade

Ultimamente, o canal vinha divulgando a exchange CointradeCX, que listou a criptomoeda LQX, criada depois de um golpe que a empresa Credminer deu em milhares de pessoas.

Ao divulgar a exclusão, o Dash Dinheiro Brasil pediu que outros youtubers e demais integrantes da comunidade de bitcoin pressionassem o YouTube para restabelecer o canal.

“Tudo foi deletado de uma hora para outra, sem desculpa nenhuma”, afirmou Rodrigo Digital, responsável pelo canal, por meio de um vídeo divulgado também pelo Twitter.

De acordo com o youtuber, o canal existe há três anos e contava com cerca de 20 mil inscritos, além de um total de 1 milhão de horas em conteúdo gravado e disponível.

Publicidade

Outros canais afetados

O caso envolvendo o Dash Dinheiro Digital não é o único envolvendo canais no YouTube nos últimos dias.

Na segunda-feira (20), o canal Ronaldo Silva – RS, mantido por Ronaldo Silva, ficou por algumas horas fora do ar. O youtuber chegou a afirmar ter sido alvo de um ataque hacker, mas a ligação anterior com esquemas financeiros fraudulentos pode ter gerado uma punição da plataforma ao canal.

Até o momento, Silva não respondeu aos questionamentos da reportagem sobre a queda e retorno do canal, bem como do suposto ataque.

Na última semana, também chegou a ser excluído pelo YouTube o canal do trader de bitcoin Tone Vays, que atua no mercado desde 2013.

Os conteúdos foram removidos do ar na quinta-feira (16) uma hora depois do primeiro aviso e meia hora depois dele enviar a defesa. O canal tinha 90 mil inscritos.

Publicidade

Após pressão da comunidade de bitcoin, o canal de Tone Vays foi restabelecido horas depois — uma aposta semelhante a que o Dash Dinheiro Digital vem buscando.

Passado recente turbulento

No fim do ano passado, vários youtubers que publicam sobre bitcoin e outras criptomoedas também tiveram problemas semelhantes. Canais como o de Ivan On Tech e Chris Dunn, por exemplo, que possuíam mais de 200 mil seguidores, foram eliminados.

No Brasil, o canal Bitnada foi um dos afetados, enquanto outros ficaram apreensivos devido a strikes (avisos) da plataforma.

Dentre eles, CryptoTchaps, Playnegócios e Étopasaber. Em janeiro, o Canal Dinheiro foi afetado e o youtuber Marcos Eduardo Rui Costa teve que recomeçar do zero em um antigo canal.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM julga hoje a Olymp Trade, corretora proibida no Brasil promovida por Ronaldinho Gaúcho

A plataforma forex prometia retornos de até 92%
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
Close na mão de candidato preenche gabarito com lápis preto

Novo concurso do BNDES pede conhecimento em criptomoedas e blockchain; Salário é de R$ 20,9 mil

São 900 vagas para vários cargos, incluindo cadastro de reserva e cotas para candidatos negros e pessoas com deficiência
piramide financeira criptomoedas

MP denuncia quatro envolvidos na pirâmide financeira do “Príncipe do Bitcoin” 

Por meio da A.C. Consultoria, os golpistas causaram prejuízo de R$ 234.600 a vários investidores de Campos dos Goytacazes