Moeda de Tether apoiada sobre outras deitadas
Shutterstock

A Tether revelou uma nova stablecoin nesta segunda-feira (17) que, assim como o USDT, é projetada para rastrear o preço do dólar americano.

Porém, contrário do token USDT, o recém-nascido token “Alloy” (aUSDT) será apoiado por reservas de ouro sobrecolateralizadas, em vez de títulos do Tesouro dos EUA.

Publicidade

“aUSDT unifica a moeda mais popular do mundo com a reserva de valor usada pela humanidade nos últimos 5.000 anos”, escreveu a Tether no Twitter.

No site da empresa, a Tether defendeu a “força histórica das moedas lastreadas em ouro”, ao mesmo tempo em que creditou o antigo padrão-ouro à redução da inflação, ao aumento do comércio global e ao crescimento econômico constante.

Tecnicamente falando, o aUSDT é garantido com garantia excessiva pelo Tether Gold (XAUT), uma stablecoin Tether pré-existente que é garantida e tem preço indexado 1:1 com uma onça troy de ouro cada. Esse token possui atualmente um valor de mercado de US$ 574 milhões e é atualmente o maior token lastreado em ouro, com o PAXG da Paxful em segundo lugar, com US$ 428 milhões.

Ser “sobrecolateralizado” significa que o aUSDT é garantido por um valor que excede o número de seus tokens em circulação. Isso fornece uma proteção contra quedas de preços do ouro que, se forem grandes o suficiente, podem fazer com que o token perca sua indexação ao dólar.

Publicidade

A sobrecolateralização é apenas um esquema entre muitos para a criação de stablecoins indexadas ao dólar com diferentes características e compensações de segurança.

O token USDT da Tether, por outro lado, usa uma grande reserva de dinheiro e letras do Tesouro dos EUA de curto prazo para respaldar o token, sobre o qual os juros pagos nas notas geram a maior parte dos lucros da Tether. O USDT também está sobregarantido com US$ 3,7 bilhões adicionais em ouro e US$ 5,4 bilhões em Bitcoin, de acordo com os números do primeiro trimestre da empresa.

Existem também soluções cripto-nativas. Ethena (USDe) usa uma estratégia de hedge delta entre os mercados à vista e futuros do Bitcoin e do Ethereum para manter um portfólio de valor estável que também promete aos detentores de tokens um pequeno rendimento. O menos conhecido Dólar Sovryn (DLLR) mantém sua indexação por meio de empréstimos Bitcoin com garantia excessiva.

Do jeito que as coisas estão, as stablecoins mais populares são aquelas garantidas por dívidas governamentais – e os políticos dos EUA estão otimistas em relação aos tokens que usam esse modelo. Em um artigo do Wall Street Journal na sexta-feira, o ex-presidente da Câmara, Paul Ryan, escreveu que tais stablecoins poderiam “evitar uma crise da dívida dos EUA”.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias
Imagem da matéria: Projeto da Solana vai dar bônus de 100% em airdrop de novo token

Projeto da Solana vai dar bônus de 100% em airdrop de novo token

Sanctum, projeto de staking na blockchain Solana, irá dar bônus de 100% para quem esperar seis meses para acessar os tokens
homens em miniaturas lidando com moeda gigante de bitcoin

Venda de Bitcoin com prejuízo por mineradores é sinal que moeda pode ter atingido um fundo

O hashrate do Bitcoin está diminuindo, assim como em dezembro de 2022 — depois disso, aumentou 4 vezes em 15 meses
Sunny Pires

Surfista brasileiro patrocinado por comunidade Web3 lança documentário no Woohoo

Patrocinado pela comunidade Web3 Nouns, Sunny desbravou o vulcão Cerro Negro, um dos mais ativos da Nicarágua