Imagem da matéria: Tentativa de invasão em corretora de criptomoedas na Ucrânia acaba em tiroteio
Homem com arma de grosso calibre enfrenta grupo que tentou invadir corretora. Imagem: Reprodução

Um homem foi baleado nas proximidades de uma corretora de criptomoedas em Kiev, na Ucrânia, na última quarta-feira (02). Segundo o site Strana, a vítima Alexei Seredyuk, estaria envolvido em uma tentativa de invasão no estabelecimento supostamente a mando de um grupo separatista chamado Donetsk e Lugansk.

Imagens que circulam na internet mostram Serediuk caído atrás de um homem que segura uma arma de grosso calibre. Enquanto duas pessoas vão socorrer a vítima, pelo menos quatro homens começam a circular no espaço. O homem armado grita para eles se afastarem e tenta esconder o rosto.

Publicidade

De acordo com a reportagem, o crime ocorreu perto do prédio do Serviço de Segurança da Ucrânia, que fica na avenida Volodymyrska, uma das mais antigas da cidade. A corretora, que fica ao lado, está sendo acusada pela ultradireita de lavar dinheiro do tráfico e financiar grupos armados.

A vítima Alexei Seredyuk (Imagem: Reprodução)

É o segundo evento do tipo em menos de um mês, aponta o site. No último dia 25, tiros também foram disparados no mesmo local. Em seguida, concluiu o Strana, representantes do movimento “Bandeira ucraniana” tentaram colar adesivos na corretora.

Foi quando um dos seguranças de um carro forte que chegava desceu do veículo e abriu fogo. Durante a ação ninguém ficou ferido.

VOCÊ PODE GOSTAR
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Manhã Cripto: Trump vai participar da maior conferência de Bitcoin do mundo

Donald Trump estará na Bitcoin Conference 2024, que acontece em Nashville no final deste mês
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
antonio neto e fabricia campos braiscompany

Diretor do Procon explica como clientes da Braiscompany vão recuperar dinheiro

Segundo o promotor Romualdo Tadeu, já existe um processo coletivo contra a Braiscompany, mas clientes poderão pedir indenizações individualmente
ilustração 3D de console de videogame

W-Coin: como ganhar o máximo de moedas no jogo cripto do Telegram

A W-Coin baseia-se na premissa do jogo tap-to-earn do Telegram Notcoin, com atualizações exclusivas e prêmios de staking