Imagem da matéria: "Também fui vítima da JJ Invest", diz Sérgio Malandro em reportagem do Fantástico
Sergio Mallandro falando ao Fantástico. Reprodução/TV Globo

A Rede Globo exibiu no Fantástico deste domingo (22) três casos de supostos golpes financeiros que deixaram milhares de clientes no prejuízo. A JJ Invest, cujo dono foi preso no início deste mês; o day trader que perdeu dinheiro de clientes na Bolsa e sumiu do mapa, e a Orion Partner, onde um líder quase matou a tiro um cliente.

Conforme mostrou o programa dominical, o ator e apresentador Sérgio Mallandro foi uma das vítimas de Jonas Spritzer Amar Jaimovick, dono da JJ Invest. Estima-se que o golpe tenha sido na casa dos R$ 170 milhões.

Publicidade

Mallandro chegou a fazer shows para a controversa empresa de investimentos e propagar vídeo na internet: “É JJ Invest!”, gritava no palco o inventor dos bordões ‘yeah yeah’ e ‘glu glu’.

“Pra botar uma marca numa camisa de futebol num time de primeira é muito dinheiro. Eu nunca imaginei na minha vida que eu poderia ver uma notícia daquela, que aquele cara poderia ter se metido numa confusão tremenda, disse Mallandro, que afirmou não ter recuperado nada do dinheiro investido.

“Eu fiz um investimento lá. Todo mês tinha um relatório direitinho. Só que pra mim foi um susto muito grande… Eu acho que eu caí na ‘pegadinha do malandro’, disse.

A JJ Invest chegou a patrocinar 24 clubes de futebol, entre eles Vasco e Botafogo, que disseram não ter tido prejuízo com as negociações. O jogador Zico também foi vítima quando Jonas chegou a comprar cotas de publicidade em um jogo, mas deu calote.

Publicidade

Delegada diz que “não existe milagre”

Na reportagem, a delegada Daniela Rebelo disse que Jonas chamava a atenção dos investidores patrocinando camarotes da escola de samba Marquês de Sapucaí e de artistas conhecidos.

“Essa publicidade deu legitimidade para a operação dele, mas que na verdade não existia, era só captação de dinheiro de pessoas” disse.

Ela alertou para que o investidor pesquise o nome da empresa nos órgãos oficiais antes de fazer qualquer investimento. “Não existe milagre”, acrescentou.

Rede Globo falou com vítimas

Pensando em fazer uma viagem melhor na lua de mel com sua esposa, o professor Lauro Ferreira Prudêncio investiu o dinheiro que estava guardado para o casamento.

Publicidade

Ao contrário de Mallandro, Prudêncio conseguiu recuperar uma parte do dinheiro. Segundo a reportagem, dos R$ 45 mil investidos ele conseguiu reaver R$ 25 mil.

Já a atriz Cristiana Pompeo que investiu um fundo de garantia de dez anos também ficou no prejuízo.

Segundo ela, hoje o dinheiro faz falta por conta da carência de trabalho na pandemia. Seu erro, disse, foi a falta de experiência em investimentos. “As pessoas têm que ter muito cuidado”, alertou.

Ao Fantástico, o advogado de Jonas, James Walker Júnior, nega que seu cliente tenha aplicado um golpe. 

“Ele fez grandes investimentos e durante um certo tempo deu muito certo. Quando deu errado as pessoas se desesperam e obrigaram ele a devolver o dinheiro e isso desestruturou a sua empresa a curto prazo. Infelizmente as pessoas não vão receber”, disse.

Rede Globo exibe Vinicius Ibraim

“Enquanto um esquema perde força  outro já está pronto para tomar o espaço”. Foi assim que o Fantástico abriu sobre o caso do Fundo Vinicius Ibraim.

Conforme publicou o Portal do Bitcoin no último dia 05, Vinicius Ibraim sumiu por vários dias depois de ter feito uma suposta operação mal sucedida na Bolsa.

Publicidade

No entanto, o valor da perda ainda é mistério. Há rumores de R$ 30 milhões e de até mesmo R$ 80 milhões de prejuízo. Em vídeo, Vinicius Ibraim alegou ter perdido R$ 700 mil.

Aliás, foi no mesmo vídeo que ele prometeu pagar todo mundo, mas até o momento isso não aconteceu. Na semana passada, a defesa de Vinícius afirmou ao Portal do Bitcoin que ele estaria se organizando ressarcir os investidores.

Na reportagem da Globo, o advogado das vítimas, Marcos Cardoso, disse o seguinte:

“Muitos clientes começaram ver que ele tinha uma forma de operar muito agressiva. As vítimas sentiram o problema quando os prejuízos começaram a acontecer na sala ao vivo”.

Para o advogado Ralph Tórtima Filho, seu cliente “de forma alguma” é um golpista. Ele disse que é preciso aguardar para que Vinícius faça o levantamento da situação e a viabilidade de algum pagamento.

A pirâmide Orion Partners

O Fantástico também alertou sobre a Orion Partner, um negócio que oferecia rendimentos exorbitantes em bitcoin. Em meados de setembro, um dos envolvidos no golpe chegou a atirar com arma de fogo contra um cliente que foi cobrá-lo.

O caso aconteceu em Itamonte (MG) e foi registrado em vídeo. A vítima, o paulista Edivaldo da Silva, foi socorrida a tempo; o atirador, Fabrício Ramos, se apresentou à delegacia 10 horas depois do ocorrido.  

Publicidade

A Orion Partner, que sequer tinha um CNPJ, prometia retorno de até 240% sobre o capital aplicado em 5 meses.  Segundo declarações de clientes, José Cláudio da Silva, seria o suposto mentor do esquema o primeiro a fugir.

O que diz a CVM

José Alexandre Vasco, Superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também falou ao Fantástico.

Ele disse que que tem pessoas que entram num esquema mesmo sabendo que se trata de uma pirâmide financeira “na expectativa que vão saída antes de ela desmoronar”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM aplica multa de R$ 680 mil em corretora promovida por Ronaldinho Gaúcho

Promovida pelo ex-craque da Seleção, Ronaldinho Gaúcho, a Olymp Trade prometia retornos de até 92%
mão segura celular com logo do whatsapp

WhatsApp pirata pode estar minerando criptomoedas no seu celular sem você saber

Conhecidos como WhatsApp GB, Aero e Plus, as cópias não autorizadas do app oficial da Meta podem abrir portas para vazamento de mensagens, fotos e áudios, dizem especialistas
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta