Ronaldinho Gaúcho de boina cinza piscando
Shutterstock

“É hora da cripto ir ao mainstream, quem está comigo?”. A frase foi publicada na tarde do último domingo (23) no X pelo ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, mundialmente conhecido no mundo do futebol, mas que tem uma longa lista de promoções de projetos que naufragaram e até mesmo de pirâmides financeiras.

Quem acompanha o mercado de criptomoedas há pelo menos cinco anos provavelmente alguma vez viu o nome do ex-craque da Seleção vinculado a promoções de empresas que em sua maioria não passaram de projetos controversos ou golpes.

Publicidade

Em resumo, desde que Ronaldinho anunciou sua própria criptomoeda em 2018 — a Ronaldinho Soccer Coin (RSC) que não saiu do papel, ele acabou se envolvendo  de alguma forma em vários processos na justiça ao promover negócios que viriam a ser golpes no futuro, como LBLV, Airbit Club e 18K Ronaldinho.

Mas se Ronaldinho pretende voltar a promover algum novo projeto envolvendo criptomoedas ele deve estar atento aos detetives de plantão, como ZachXBT, conhecido no X por denunciar maus atores do mercado. Acerca do post de Ronaldinho, ZachXBT escreveu:

“Isso é uma tradução de que você está falido de novo? Caso você tenha esquecido, aqui estão todos os projetos de criptomoedas que você bombeou e abandonou ao longo dos anos.” Zach menciona alguns projetos, incluindo a LBLV, que no Brasil fez várias vítimas com sua plataforma forex.

Ronaldinho Gaúcho na CPI das Criptomoedas

Em outubro do ano passado, a 18K Ronaldinho fez parte de um grupo de 13 empresas indiciadas após o relatório final da CPI das Criptomoedas. Na época em que começaram as denúncias, vieram à tona que o negócio chegou a oferecer retorno financeiro de 400% no prazo de um ano em rendimentos diários de 2%, atraindo pessoas com várias publicações com a imagem do jogador.

Publicidade

Os rendimentos supostamente viriam de operações de arbitragem com criptomoedas e investimentos em bolsa de valores. No entanto, como qualquer empresa desse ramo precisa ter um produto para que não seja interpretada como uma pirâmide, a 18k usava como produto os relógios da 18k Watches.

Na CPI, o bruxo disse: “Nunca foi autorizado que a 18k Ronaldinho utilizasse meu nome e minha imagem ou apelido na razão social da empresa. Fui vítima”.

Em fevereiro deste ano, em um processo envolvendo a 18K Ronaldinho, a Justiça de São Paulo absolveu Ronaldinho Gaúcho, e condenou os responsáveis pelo negócio a  devolver ao autor do processo os R$ 14,4 mil investidos, bem como pagar uma indenização por danos morais de R$ 20 mil.

As confusões do bruxo no mundo cripto

Ronaldinho Gaúcho tem uma longa lista de promoções de projetos que naufragaram e até mesmo operações suspeitas de serem de pirâmides financeiras.

Publicidade

Em junho do ano passado, o ex-jogador da Seleção lançou um portal próprio, o Bruxo10.bet, que mistura apostas esportivas com jogos de azar online, sendo esta última modalidade proibida no Brasil.

Em 2022, Ronaldinho já promoveu a controversa plataforma de negociação de opções binárias Olymp Trade, que no passado recebeu alertas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por atuação irregular no mercado brasileiro.

Ele promoveu a pirâmide financeira Braiscompany em um evento esportivo na cidade de Limeira (SP). O CEO da empresa, Antonio Neto Ais e sua esposa Fabrícia Campos estão sob custódia das autoridades da Argentina, aguardando extradição.

Ronaldinho ainda promoveu a Airbit Club, um esquema de pirâmide liderado pelo brasileiro Gutemberg dos Santos, preso nos EUA por enganar milhares de investidores, dentre outros projetos controversos.

Em 2020, promoveu a corretora forex LBLV, acusada de aplicar golpes em vários investidores brasileiros. 

Em 2019, o jogador até mesmo tentou criar a sua própria criptomoeda no passado, a Ronaldinho Soccer Coin (RSC), mas o projeto não foi adiante.

Publicidade
  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes.
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Messi e Ronaldinho promovem memecoin desconhecida e preço decola 194%

Messi e Ronaldinho promovem memecoin desconhecida e preço decola 194%

As lendas do futebol Lionel Messi e Ronaldinho divulgaram uma memecoin da Solana chamada WATER, o que gerou muitas perguntas
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

LIFT Lab do BC retorna com edição focada em blockchain, tokenização e cripto

Desde 2018, projetos que chegaram na fase de aceleração do LIFT Lab receberam R$ 400 milhões da iniciativa privada para serem desenvolvidos
Sunny Pires

Surfista brasileiro patrocinado por comunidade Web3 lança documentário no Woohoo

Patrocinado pela comunidade Web3 Nouns, Sunny desbravou o vulcão Cerro Negro, um dos mais ativos da Nicarágua
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias