Imagem da matéria: Polícia Federal multa estrangeiro que veio ao Brasil trabalhar com criptomoedas e diz que foi enganado
Foto: Shutterstock

A Polícia Federal em Minas Gerais determinou pagamento de multa de R$ 10 mil a um estrangeiro que veio ao Brasil para trabalhar como consultor de criptomoedas, mas que ficou no país até o momento com a documentação em situação irregular.

Jorge Manuel Nogueira Rodrigues, que não teve sua nacionalidade revelada, afirmou que veio ao Brasil em dezembro de 2016, a convite de um escritório de advocacia, para prestar consultoria sobre criptomoedas.

Publicidade

O nome do escritório e da cidade onde estaria localizado não foram divulgados.

O contratante, segundo o estrangeiro, descumpriu a promessa de cuidar do trâmite burocrático dele e de sua esposa – que também não teve o nome revelado, nem sua nacionalidade.

Descontente, Rodrigues contou que rompeu com a empresa meses depois, apesar do contrato de trabalho ter sido assinado em julho de 2017.

Em seguida, teria aceitado o convite para trabalhar como representante de uma empresa de trader no município de Conselheiro Lafaiete, no sul de Minas Gerais.

A documentação de Rodrigues e de sua esposa, no entanto, continuaram irregulares.

Ele afirmou à PF que vem tentando resolver a questão desde então, mas que supostamente foi enganado de novo por pessoas de má-fé.

Publicidade

Multa da Polícia Federal

A história contada pelo estrangeiro não convenceu a PF.

Rodrigues foi enquadrado no Artigo 109 da Lei de Migração brasileira (Lei 13.445/2017), que pune com multa o imigrante que permanece no país com a documentação vencida por 90 dias ou mais.

No caso, a Polícia Federal estipulou o valor da multa em R$ 10 mil pelos 714 dias que o estrangeiro passou até o momento com a documentação irregular.

 “É que a responsabilidade pela regularidade da estada, mesmo que verdadeira a narrativa, não pode ser legalmente atribuída a outrem que não à própria pessoa do imigrante”, entendeu a PF.

De acordo com a decisão, Rodrigues tem até 10 dias para recorrer da punição.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Talvez você queira ler
Binance

“As criptomoedas não vão a lugar nenhum”: líderes da indústria reagem às notícias da Binance

A resposta da indústria à confissão de culpa de CZ e à mudança na Binance foi mista, com alguns argumentando que a notícia é positiva para os ativos digitais
Câmara dos deputados

Câmara pode votar esta semana PL que impõe segregação patrimonial para empresas de criptomoedas

Deve ser votado hoje um requerimento de urgência para o PL que cria regras para empresas cripto e trata da segregação patrimonial
Jesse Powell posa para foto de terno e gravata

“SEC é o maior empecilho dos EUA”, ataca criador da exchange Kraken

Jesse Powell acusou a SEC de extorsão depois que o regulador apresentou novas acusações à exchange de criptomoedas, incluindo mistura de fundos de clientes
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Senado aprova projeto de lei que cria imposto para criptomoedas mantidas em corretoras fora do Brasil

Alíquota de 15% faz parte de um plano mais amplo de tributar fundos exclusivos e offshores de brasileiros mantidos no exterior