Polícia Federal deflagra operação contra grupo que negociou mais de uma tonelada de ouro
Foto: Divulgação/PF

No último fim de semana, um colombiano foi extraditado pela Polícia Federal do Rio Grande do Norte para responder a um crime contra a economia popular. Conforme reportou o G1 em 10 de março, ele é acusado de lesar cerca de 28 mil pessoas na Colômbia em um esquema de pirâmide financeira.

De acordo com o jornal, o estrangeiro, que não teve o nome revelado, foi entregue aos policiais da Colômbia no Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro, em Guarulhos (SP).

Publicidade

Segundo a reportagem, o colombiano estava preso desde 2015 em Natal (RN), onde foi preso e condenado por falsidade ideológica.

Na ocasião, ele foi detido na chegada ao condomínio onde morava, na zona sul da cidade, portando documentos falsos — à princípio ele mostrou uma CNH falsificada.

Para tentar se safar, ele disse que teve uns problemas na Colômbia e entrou no Brasil pelo estado do Amazonas apenas para iniciar uma nova vida, noticiou o G1 na época.

Só que naquela ocasião, ele já era procurado pela Interpol havia dois anos e já tinha mandado de prisão expedido pelo STF.

Publicidade

Ele foi então autuado em flagrante por se passar por cidadão brasileiro, No ano seguinte foi condenado pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte.

Dono de pirâmide pode ser extraditado

Outro acusado de pirâmide que pode estar prestes a ser extraditado do país é o dono da Telexfree. Carlos Wanzeler está preso aguardando uma posição do Itamaraty que também aguarda o pedido de extradição dos EUA.

Ele foi detido no mês passado pela Polícia Federal em Búzios no Rio de Janeiro. A prisão foi determinada pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Na ocasião, o ministro havia acabado de negar a cidadania brasileira a Wanzeler, que preferiu, em 2009, trocá-la pela americana.

Publicidade

No entanto, o pedido de prisão foi feito pelo governo dos Estados Unidos, onde o empresário é alvo de um mandado e deve responder uma ação penal no caso da Telexfree.

Wanzeler e Carlos Costa comandaram um dos maiores golpes financeiros no Brasil. Estima-se que a Telexfree deve cerca de R$ 2 bilhões a mais de 1 milhão de credores.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Real completa 30 anos com desvalorização de mais de 40% no período

Real completa 30 anos com desvalorização de mais de 40% no período

Lançado em julho de 1994, o real já chegou a valer mais que o dólar quando havia paridade cambial
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta