“Mundo está migrando para ativos digitais”, diz presidente do Banco Central do Brasil

Banco Central se reunirá hoje com Facebook para debater proibição do WhatsApp Pay
Presidente do BC, Roberto de Oliveira Campos Neto durante sabatina do Senado (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


O presidente do Banco Central do Brasil (Bacen), Roberto Campo Neto, voltou a falar do Bitcoin e das criptomoedas ao apresentar o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) na última quinta-feira (27).

Brevemente, Campos analisou a diferença entre criptomoedas e ativos digitais (token assets). “O token asset é ativo com um lastro e você emite uma forma digital dele. Inclusive o mundo está migrando muito para isso”, disse o neto de um dos economistas mais famosos do Brasil.

Sobre as criptomoedas, ele citou o Bitcoin como um exemplo das várias criptomoedas que podem ser criadas, mas apenas mencionou o custo-benefício na atividade de mineração.

“A gente acompanhou bastante o caso do Bitcoin, que as pessoas mineravam. Existia um entendimento que estava inversamente proporcional à energia gasta”.

Campos Neto também recebeu perguntas sobre a Libra, a criptomoeda do Facebook, que está programada para ser lançada no ano que vem.

Ele disse que o Bacen ainda não tem informação o suficiente para tomar decisão, mas que para ele o novo produto da rede social é um ativo digital que tem lastro relacionado, ao contrário das criptomoedas.

Banco Central do Brasil de olho

Para o presidente, os surgimento de novas tecnologias e novos mercados  “nesse sentido, até ajuda os bancos centrais a se aprimorarem”.



Ele explicou:

“O que eu acho importante é que os bancos centrais têm que tomar a frente, tem que tomar a iniciativa de criar um processo mais moderno e mais digital”.

Para ele, se os bancos centrais não oferecerem uma solução muito boa, muito rápida e muito digital, outras soluções virão.

Desta forma, e à medida que o comércio internacional aumente — que as pessoas têm a opção de comercializar e de fazer negócios em diferentes parte do mundo — os bancos centrais podem ficar para trás.

Segundo o Bacen, o relatório apresenta as diretrizes das políticas adotadas pelo Comitê de Política Monetária (Copom) para cumprir o seu trabalho acerca da evolução do cenário econômico e previsões para a inflação.

Antes mesmo de presidir o Banco Central, Campos já havia mencionado sobre seus conhecimentos em criptoeconomia. Depois que assumiu, manteve suas perspectivas sobre inovações para o mercado financeiro, citando a blockchain como um meio barato, rápido e seguro de controlar operações.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br