Imagem da matéria: Mercado Bitcoin sofre ataque de fake news via Whatsapp e Telegram
(Foto: Pixabay)

Uma das principais exchanges do Brasil, a Mercado Bitcoin, vem sofrendo nesta quarta-feira (10) um estranho ataque pelas redes sociais, Whatsapp e Telegram. Não é de um hacker nem um tipo de golpe, mas sim a difusão de uma notícia falsa sobre a corretora.

A imagem mostra o que seria um email que parece ser geral, mas endereçado a um certo David, no qual o leitor é informado que a corretora ficará suspensa “por tempo indeterminado por ordem judicial”.

Publicidade

Pede também que todos os clientes retiram seus fundos da empresa pois em 48 horas ocorrerá o bloqueio. “Apos esse prazo nao nos responsabilizamos por qualquer transtorno”, diz encerra o texto, assim mesmo, sem acento e til.

Print que está circulando nas redes sociais

Não foi possível identificar ninguém que tenha recebido o email. A prática mais comum deste tipo de mensagem seria a de phishing. Ou seja usar os links internos para roubar as criptomoedas de quem recebeu o email.

Tudo indica, portanto, que a mensagem é um tipo de ataque de fake news cujo objetivo é estimular as pessoas a sacarem o que possuem da Mercado Bitcoin.

Em nota, a empresa disse que o print era “grotescamente falso”.

Leia a nota do Mercado Bitcoin sobre o caso

O Mercado Bitcoin informa que o print que tem circulado em algumas redes sociais é falso e não temos nenhuma notícia de qualquer cliente que tenha de fato recebido o suposto e-mail. Assim, não se trata sequer de tentativa de phishing, mas apenas de um print grotescamente falso sendo compartilhado sobre as operações do MB.

Publicidade

A empresa reforça que todas as operações seguem em ritmo normal. Também ressalta que toda e qualquer comunicação do MB é enviada apenas através de seus canais e e-mails oficiais. Qualquer comunicação que não seja através deles é falsa e não foi está relacionada à companhia.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM aplica multa de R$ 680 mil em corretora promovida por Ronaldinho Gaúcho

Promovida pelo ex-craque da Seleção, Ronaldinho Gaúcho, a Olymp Trade prometia retornos de até 92%
mão segura celular com logo do whatsapp

WhatsApp pirata pode estar minerando criptomoedas no seu celular sem você saber

Conhecidos como WhatsApp GB, Aero e Plus, as cópias não autorizadas do app oficial da Meta podem abrir portas para vazamento de mensagens, fotos e áudios, dizem especialistas
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM julga hoje a Olymp Trade, corretora proibida no Brasil promovida por Ronaldinho Gaúcho

A plataforma forex prometia retornos de até 92%