Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas
Foto: Shutterstock

O Bitcoin (BTC) abre a semana cotado a US$ 57.104, com uma pequena perda de 0,7% nas últimas 24 horas. O preço atual representa uma recuperação da moeda desde a noite de domingo (7), quando atingiu um fundo de US$ 54.320 durante a abertura dos mercados asiáticos. 

Em reais, o BTC recua 0,05% e é negociado a R$ 317.423, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB).

Publicidade

O Bitcoin ainda acumula perdas de 9,6% nos últimos sete dias, assim como a maioria das criptomoedas do mercado. O Ethereum (ETH), apesar de ter desvalorizado 12,6% na semana, é a única cripto do Top 10 no verde nesta segunda-feira (8), subindo 0,2% para US$ 3.012.

O mercado de criptomoedas tenta encontrar suporte em meio à pressão vendedora que está impactando os preços desde a semana passada. No caso do Bitcoin, o que pode estar influenciando o ativo no curto prazo são os pagamentos que a Mt. Gox começou a realizar na última sexta-feira (5). 

Cerca de 142.000 BTC e 143.000 Bitcoin Cash (BCH) deverão ser distribuídos para investidores até outubro, e o temor de que parte dessas criptomoedas sejam despejadas no mercado se espalha entre os investidores.

“Embora ainda não esteja claro qual parte da distribuição total será vendida no mercado, haverá uma pressão de venda significativa adicionada ao Bitcoin”, reconheceu a empresa K33 Research em seu último relatório.

Publicidade

Eles acrescentam que, embora o verão no hemisfério norte normalmente traga uma calmaria aos mercados de criptomoedas, o excesso de oferta e o impulso de queda podem resultar em um período de volatilidade maior do que o esperado.

Vendas de BTC continuam na Alemanha

O Bitcoin também enfrenta uma pressão vendedora por parte do governo da Alemanha, que continua enviando BTC para exchanges nesta segunda-feira.

Foram mais de US$ 28 milhões transferidos da carteira controlada pelo governo para as corretoras Coinbase e a Bitstamp nesta manhã. Um adicional de 500 BTC também foi enviado para um endereço não identificado.

De acordo com um painel da Arkham Intelligence, as reservas de Bitcoin do governo alemão somam 38.826 BTC (mais de US$ 2,23 bilhões aos preços atuais), apreendidos de casos criminais. Nas últimas semanas, no entanto, parte dessa reserva é enviada quase diariamente para corretoras para venda.

Publicidade

O caso ganhou maiores proporções na última semana, quando uma parlamentar pró-Bitcoin do Congresso alemão (Bundestag), Joana Cotar, criticou publicamente a decisão do governo de vender suas substanciais reservas de BTC.

Cotar enfatizou a oportunidade perdida para a Alemanha se posicionar na vanguarda da inovação financeira e da soberania econômica. “O Bitcoin oferece uma oportunidade única de diversificar os ativos do estado”, escreveu ela, destacando o potencial de reduzir os riscos associados às classes de ativos tradicionais.

VOCÊ PODE GOSTAR
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Manhã Cripto: Trump vai participar da maior conferência de Bitcoin do mundo

Donald Trump estará na Bitcoin Conference 2024, que acontece em Nashville no final deste mês
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin cai 14% após novo projeto desagradar comunidade

Jogo viral do Telegram, Notcoin sofre um grande golpe à medida que o “recomeço” anunciado pelos criadores não surtiu efeito na comunidade
Sunny Pires

Surfista brasileiro patrocinado por comunidade Web3 lança documentário no Woohoo

Patrocinado pela comunidade Web3 Nouns, Sunny desbravou o vulcão Cerro Negro, um dos mais ativos da Nicarágua
Bolo de dólares em cima de outras notas

PF da Argentina prende família que lavava dinheiro de contrabando e jogos de azar com USDT

Com o filho preso e a esposa indiciada, o líder da quadrilha, Fabián Di Julio, o “El Gordo”, se entregou na última quarta-feira