Imagem da matéria: Juiz pede bloqueio de eventuais criptomoedas de ex-diretores da Americanas
Foto: Shutterstock

O juiz federal Marcio Carvalho, do TRF-2, determinou o “sequestro de bens equivalentes à vantagem indevida supostamente obtida” por 11 ex-executivos da Americanas, e na lista de bens estão incluídas até eventuais criptomoedas que eles possam ter.

As informações são do jornalista Lauro Jardim, do Jornal O Globo, que afirma ainda que o sequestro de bens inclui também todas as contas correntes e aplicações financeiras de qualquer tipo, veículos — incluindo aeronaves e embarcações — e imóveis.

Publicidade

Vale lembrar que no caso das criptomoedas, pode ocorrer o bloqueio de contas em exchanges nacionais e que operem seguindo as regras do Banco Central e Receita Federal, como algumas das maiores do país, caso de Mercado Bitcoin e Foxbit.

Caso os suspeitos tenham criptos em carteiras privadas e não faça operações nessas corretoras, será difícil que os órgãos consigam acompanhar qualquer tipo de movimentação.

As polêmicas da Americanas

Os ex-executivos da Americanas são acusados do crime de insider trading e de realizarem um esquema de mascarar as finanças da empresa para esconderem os rombos nas contas e fazerem parecer que a companhia era saudável.

Segundo a Polícia Federal, esses antigos executivos, ao verem que o mercado iria descobrir o esquema após a chegada de Sérgio Rial para assumir o cargo de CEO em agosto de 2022, começaram a realizar “vendas milionárias de ações, antecipando-se ao fato relevante que geraria o derretimento do preço das ações em janeiro de 2023”.

Publicidade

No total, estão bloqueados R$ 520,4 milhões, sendo a maior parte do ex-CEO Miguel Gutiererez, que tem bens bloqueados até o limite de R$ 317,1 milhões. A lista ainda tem nomes como Ana Saicali (R$ 115,6 milhões), Timotheo de Barros (R$ 40,4 milhões), Marcio Cruz (R$ 11,1 milhões) e Fabio Abrate (R$ 11,6 milhões), entre outros.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Os jogos “tap-to-earn” (toque para ganhar) no Telegram estão chamando a atenção das massas; veja como os jogadores estão ganhando com os airdrops de tokens
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump quase baniu o Bitcoin em 2020, mas uma pessoa o impediu

“Trump não acredita em nada além de si mesmo”, disse o executivo da Block Inc., Mike Brock
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Manhã Cripto: Bitcoin salta 4,4% após atentado fracassado reforçar candidatura de Trump

Investidores de criptomoedas antecipam condições regulatórias mais favoráveis se Trump vencer a eleição
Joe Biden posa para foto

Memecoins de potenciais substitutos de Joe Biden disparam até 200% após ele pegar Covid-19

Memecoins inspiradas em Kamala Harris e Gavin Newsom chegaram a disparar até 200% após Joe Biden anunciar que está com Covid-19