Homem em local escuro amarrado em uma cadeira
Foto: Shutterstock

Um investidor de Brasília (DF) que promove criptomoedas nas redes sociais foi vítima de sequestro na zona leste de São Paulo e passou 12 horas sob violência em um cativeiro. Ele foi solto depois de transferir aos sequestradores R$ 1 mil em Pix e supostamente R$ 58 mil em criptomoedas. As informações são do Jornal da Record (JR), em reportagem exibida na noite de quarta-feira (24).

O rapaz, de 19 anos, marcou um encontro com um amigo que conheceu pela internet. Conforme relata o JR, eles combinaram de ir a uma festa na zona leste da capital. No caminho do evento, o carro em que estavam foi abordado por criminosos, que os separaram.

Publicidade

Ele então foi levado para um cativeiro, onde, sem se alimentar, ainda sofreu agressões, conforme relatou à polícia. Durante o período de submissão, ele teria feito o Pix e a transferência de criptomoedas

Segundo a reportagem, os criminosos também levaram seu celular, carteira e até roupas e tênis. A polícia, no entanto, ainda não confirmou se a transferência em criptomoedas foi de fato realizada, diz o jornal.

Depois de libertado no bairro de Guaianases, conta a reportagem, o jovem foi encontrado pelo Inspetor da Guarda Civil Metropolitana Dario Moreira Coutinho. Ele relatou que quando saia para o trabalho encontrou o jovem andando pela rua desnorteado, mas que mesmo assim conseguiu descrever a situação.

“Ele não soube informar o paradeiro do amigo que estava junto no momento do sequestro”, afirmou Coutinho. A Polícia deteve dois suspeitos para averiguação após fazer buscas na região. A ocorrência foi registrada no 53º Distrito Policial do Parque do Carmo. 

Publicidade

Esse é o melhor momento da história para investir em cripto! E agora, você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Inscreva-se aqui

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

Esquema usando o golpe de “abate de porcos” lavou US$ 2,5 milhões em USDT, da Tether, em duas contas na Binance
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

LIFT Lab do BC retorna com edição focada em blockchain, tokenização e cripto

Desde 2018, projetos que chegaram na fase de aceleração do LIFT Lab receberam R$ 400 milhões da iniciativa privada para serem desenvolvidos
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
donald trump

Semana cripto: Trump alimenta mania de memecoins enquanto Bitcoin recupera força

Os mercados de criptomoedas estão em alta, e a política dos EUA pode levar muito crédito por isso