Imagem da matéria: Governo dos EUA envia R$ 1,4 bilhão em Bitcoin para a Coinbase — mais vendas?
Foto: Shutterstock

O governo dos EUA parece estar vendendo mais Bitcoin, com um endereço de carteira cripto conhecido enviando outros 3.940 BTC (cerca de R$ 1,4 bilhão) para a Coinbase na quarta-feira (26).

A transferência para a Coinbase Prime — a plataforma institucional da exchange — foi imediatamente percebida pelos detetives de blockchain, destacando uma transferência às 13h ET por apenas US$ 18 em taxas.

Publicidade

As opiniões dos especialistas se dividiram com relação ao local onde o governo obteve o Bitcoin transferido.

De acordo com o canal do Telegram do detetive de blockchain ZachXBT, os fundos faziam parte do Bitcoin recuperado do Silk Road. Após o infame fechamento do mercado que operava na darknet em 2013, o Departamento de Justiça rastreou o hacker e apreendeu 50.676 BTC, que o governo vem vendendo em lotes desde então.

Além da Silk Road, muitas das criptomoedas do governo foram recuperadas do hacker da Bitfinex de 2016, Razzlekhan, em 2022. Mas a plataforma de dados blockchain Arkham Intelligence diz que as moedas roubadas hoje não vieram de nenhuma dessas fontes.

“Este BTC foi originalmente apreendido do traficante de narcóticos Banmeet Singh e confiscado em julgamento em janeiro de 2024”, a empresa postou no X nesta quinta-feira (27).

Banmeet Singh era um chefão das drogas que se declarou culpado no início deste ano de operar uma rede internacional de tráfico de drogas em sua casa por vários anos. Como parte do acordo de confissão, Singh concordou em entregar US$ 150 milhões em suas criptomoedas — que agora valem mais graças à valorização do preço do Bitcoin desde aquela época.

Publicidade

De acordo com a Arkham, o governo ainda possui incríveis US$ 13 bilhões em BTC, o que o torna um dos maiores proprietários de Bitcoin do mundo, depois da MicroStrategy.

Assim como o governo dos EUA, a Alemanha vendeu US$ 170 milhões de seu robusto estoque de Bitcoin de US$ 2,8 bilhões na semana passada. Os dados da Arkham mostram que o governo transferiu dezenas de milhões a mais para as exchanges Kraken e Coinbase na terça-feira (25).

Essas vendas se somaram a uma onda de pressão de venda que atingiu o Bitcoin este mês por parte de mineradores e baleias de Bitcoin, enquanto as análises on-chain sugerem que a nova demanda por Bitcoin está diminuindo. O Bitcoin está sendo negociado por US$ 61.217, no momento em que este artigo foi escrito, com queda de 10% no mês.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
logo da solana em celular

Chance de ETF de Solana ser aprovado é maior sem Gary Gensler na SEC, diz VanEck

A ausência de um mercado regulamentado de futuros de Solana é “coisa do Gensler”, disse Matthew Sigel, chefe de pesquisa de ativos digitais da VanEck
Imagem da matéria: Andrew Tate diz que não suporta a cultura cripto - mesmo lucrando com ela

Andrew Tate diz que não suporta a cultura cripto – mesmo lucrando com ela

O polêmico provocador das redes sociais diz que, agora que provou que pode usar criptomoedas, ele vai “consertá-las”
Imagem da matéria: Criadores do Notcoin lançam aceleradora para impulsionar a próxima onda de jogos no Telegram

Criadores do Notcoin lançam aceleradora para impulsionar a próxima onda de jogos no Telegram

Com a ajuda da empresa de análises baseada em IA, Helika, o Notcoin quer fortalecer ainda mais o ecossistema de jogos cripto no Telegram
Imagem da matéria: Circle é a primeira emissora de stablecoins a obter licença do MiCA na Europa

Circle é a primeira emissora de stablecoins a obter licença do MiCA na Europa

A Circle se tornou a primeira emissora global de stablecoin a se tornar compatível com o MiCA