Imagem da matéria: Governo alemão envia mais R$ 96 milhões em Bitcoin para exchanges
Foto: Shutterstock

O governo alemão intensificou a venda de suas participações em Bitcoin nesta terça-feira (2), transferindo um total de 282,74 BTC, avaliados em aproximadamente US$ 17,64 milhões (R$ 96 milhões), para as exchanges de criptomoedas Bitstamp, Coinbase e Kraken. As transações ocorreram às 6h20, horário de Brasília.

Isso segue uma tendência mais ampla de desinvestimento por parte do governo alemão, com mais de 3.000 BTC movimentados para exchanges centralizadas (CEX) nas últimas duas semanas.

Publicidade

Em 22 de junho de 2024, as participações em Bitcoin da Alemanha estavam avaliadas em US$ 3,06 bilhões, com o preço do Bitcoin a US$ 64.827 e uma quantidade total de 47 mil BTC. Em 2 de julho de 2024, essas participações diminuíram para US$ 2,89 bilhões, com o preço do Bitcoin caindo para US$ 62.671 e as participações na carteira sendo reduzidas para 46 mil BTC.

Nos últimos 10 dias, o governo alemão vendeu quase 1.000 BTC, reduzindo cerca de US$ 163,5 milhões em participações na criptomoeda. A transferência mais recente de 282,74 BTC indica ainda a continuação da liquidação dos ativos.

O preço do Bitcoin diminuiu de US$ 64.827 para US$ 62.671 no mesmo período.

A queda de preço e as vendas substanciais sugerem uma venda estratégica pelo governo para capitalizar sobre preços altos ou ajustar estratégias financeiras.

O efeito das vendas no mercado

A venda cumulativa de mais de 3.000 BTC em duas semanas indica uma atividade significativa no mercado pelo governo alemão.

Publicidade

Essa tendência de liquidar grandes quantidades de Bitcoin pode impactar o sentimento do mercado e a estabilidade de preços, especialmente à medida que esses ativos entram no mercado mais amplo através das principais exchanges.

Comentando sobre o potencial impacto no mercado, Raj A. Kapoor, fundador do Blockchain Governance Council, disse ao Decrypt que movimentos tão significativos podem criar incerteza e medo entre os investidores.

Uma entidade importante como um governo movimentando grandes quantidades de Bitcoin pode ser interpretada como falta de confiança no Bitcoin ou um precursor de ações regulatórias, levando a uma venda em massa, acrescentou.

“Isso resultará em volatilidade de curto prazo, pois grandes transferências podem causar flutuações de preços de curto prazo à medida que os traders reagem às notícias. O impacto real dependerá das condições atuais do mercado, da liquidez geral e de como a notícia é recebida e interpretada pelos participantes do mercado”, disse ele.

Publicidade

Kapoor também abordou a possibilidade de o governo manter algumas de suas participações em Bitcoin para preços mais altos.

“Se os analistas do governo acreditarem que os preços do Bitcoin provavelmente aumentarão no futuro com base em tendências de mercado, indicadores econômicos e previsões de especialistas, eles podem optar por manter suas participações”, disse. “Dados históricos mostrando o potencial de crescimento de longo prazo do Bitcoin podem apoiar essa decisão.”

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre julho em alta de 2,2%; mês promete ser positivo para as criptomoedas

Manhã Cripto: Bitcoin abre julho em alta de 2,2%; mês promete ser positivo para as criptomoedas

Historicamente, julho tende a ser um mês de valorização para as criptomoedas
Pessoa segura smartphone com logo BUSD com as mãos apoiado em uma mesa

SEC encerra investigação sobre stablecoin da Binance sem ações de penalidade

A SEC alegou que a stablecoin BUSD era um valor mobiliário em um processo movido contra a Binance no ano passado
Imagem da matéria: Pode a diferença de preço do Bitcoin entre Coinbase e Binance prever movimentos de mercado? | Opinião

Pode a diferença de preço do Bitcoin entre Coinbase e Binance prever movimentos de mercado? | Opinião

Marina Perelló explica de que modo o Coinbase Premium Index pode ser um indicativo para a previsão dos movimentos futuros do Bitcoin
Mineração

Queda do Bitcoin faz com que apenas 6 máquinas de mineração continuem lucrativas

Com um custo de US$ 0.08 kWh, apenas as máquinas ASIC com eficiência de 23 W/T permanecem minerando Bitcoin com lucro