gráfico de baixa, ao fundo , homem opera notebook
Foto: Shutterstock

A Galois Capital anunciou que encerrará a sua atividade após perder uma parte substancial do seu capital por conta do colapso da FTX de Sam Bankman-Fried, de acordo com o relatório da Financial Times citando a carta do cofundador Kevin Zhou aos investidores.

De acordo com Zhou, o negócio não é mais sustentável devido à “gravidade da situação da FTX.”

Publicidade

A carta acrescentou que todas as negociações cessaram e o fundo reverteu suas participações, com a Galois vendendo seus pedidos de falência por aproximadamente US$ 0,16 sobre o dólar.

Os investidores receberão 90% dos fundos disponíveis não presos na extinta exchange cripto, com os 10% restantes a serem temporariamente detidos pela Galois até que as discussões com os administradores e auditores sejam finalizadas.

“Tenho orgulho de dizer que, embora tenhamos perdido quase metade de nossos ativos para o desastre da FTX e depois vendido a reivindicação por centavos de dólar, estamos entre os poucos que estão fechando a loja com um desempenho inicial até o momento que ainda é positivo”, escreveu Zhou, ex-chefe de negociação da Kraken, na segunda-feira.

Dinheiro preso FTX

A Galois, um fundo quantitativo focado em criptoativos baseado no Texas com US$ 200 milhões sob gestão antes do colapso da FTX, afirmou em novembro de 2022, que teve uma “exposição significativa” à exchange de Bankman-Fried, com o Financial Times relatando à época que a empresa provavelmente estava com metade dos seus fundos retidos na plataforma.

Em nota aos investidores, Zhou disse que “toda esta trágica saga” começou com a implosão do ecossistema Terra em maio de 2022, continuou com o pedido de recuperação judicial da Three Arrows Capital (3AC) e, finalmente, com o colapso da FTX e da Alameda Research, o que “certamente atrasou bastante o desenvolvimento do setor de criptomoedas e ativos digitais.”

Publicidade

“Embora este seja o fim de uma era para a Galois, o trabalho que fizemos juntos nos últimos anos não foi em vão. Não posso dizer mais do que isto por agora. Fique ligado”, acrescentou Zhou em seu tópico no Twitter na segunda-feira.

“Os criptoativos vão durar”, escreveu ele, e “esses contratempos são temporários e acontecerão.”

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Exchanges da Coreia do Sul definem diretrizes para barrar deslistagens em massa de criptomoedas

Exchanges da Coreia do Sul definem diretrizes para barrar deslistagens em massa de criptomoedas

As diretrizes padronizam os critérios para apoiar e encerrar a negociação de ativos digitais em plataformas de câmbio
Imagem da matéria: Pode a diferença de preço do Bitcoin entre Coinbase e Binance prever movimentos de mercado? | Opinião

Pode a diferença de preço do Bitcoin entre Coinbase e Binance prever movimentos de mercado? | Opinião

Marina Perelló explica de que modo o Coinbase Premium Index pode ser um indicativo para a previsão dos movimentos futuros do Bitcoin
Imagem da matéria: Novo ETF lançado nos EUA permite apostar contra as ações da Coinbase

Novo ETF lançado nos EUA permite apostar contra as ações da Coinbase

O novo fundo sobe quando a Coinbase cai e também gera renda passiva para os investidores
Fotos dos equipementos de mineração de criptomoedas operados com furto de eletricidade em Canela, RS

Casal tem carros e dinheiro apreendidos em ação contra mineração clandestina de criptomoedas

Seis veículos e uma quantia em dinheiro foram apreendidos de um casal preso no mês passado por roubo de energia para minerar criptomoedas