Imagem da matéria: Fundação de Direitos Humanos doa Bitcoin a três projetos para aumentar privacidade na rede
Foto: Shutterstock

A Human Rights Foundation (HRF) anunciou que vai doar 3 bitcoins para três projetos que viabilizam o uso das criptomoedas para causas humanitárias. Os desenvolvedores Openoms, Evan Kaloudis e Fontaine receberão uma unidade cada.

De acordo com a entidade internacional, os projetos apresentados por esses desenvolvedores irão “melhorar a usabilidade do Bitcoin, do Lightning Network e do JoinMarket”. O resultado prático, portanto, será a maior facilidade e privacidade de pessoas em transacionarem criptomoedas pelo mundo.

Publicidade

Alex Gladstein, diretor de estratégia da HRF, disse que a entidade planeja premiar outros desenvolvedores que melhorarem o sistema do Bitcoin.

Gladstein mencionou que mais suporte aos desenvolvedores ajuda a continuidade do trabalho de ativistas pelos direitos humanos. A medida, ele acredita, pode ser uma ferramenta de auxílio ao trabalho dessas pessoas pelo mundo:

“Este programa pode ajudar os defensores dos direitos humanos, ajudando a tornar a rede Bitcoin mais privada, utilizável e resiliente, dando-lhes uma ferramenta financeira mais forte”, disse à reportagem.

Bitcoin para causa humanitária

A Openoms criou uma interface gráfica chamada JoinInbox pela qual os usuários podem transferir e receber o criptoativo com muito mais privacidade. 

Publicidade

“Com o JoinInbox, os indivíduos podem usar um microcomputador Raspberry Pi para enviar e receber Bitcoin por meio do JoinMarket, melhorando drasticamente sua privacidade”, disse. 

O projeto facilita ainda a negociação entre os usuários nos mercados CoinJoin, uma vez que eles ao ofertarem seus bitcoins a outros acabam expandindo o pool de liquidez.

A Evan Kaloudis, por sua vez, irá receber o prêmio por ter criado um aplicativo iOS e Android chamado Zeus. O aplicativo também ajuda na privacidade dos usuários de criptomoedas.

Por meio do Zeus, pessoas podem usar o respectivo nó Lightning a partir de seus telefones. Isso permite que os usuários façam ou recebam micropagamentos de qualquer lugar. A privacidade é garantida tendo em vista que Zeus usa uma VPN ou Tor (The Onion Router) para se conectar com seu nó, tornando suas interações o mais privadas possível.

Publicidade

Mais privacidade

O terceiro projeto premiado é o Fully Noded criado pela Fontaine. Trata-se de um um aplicativo iOS de código aberto que permite que os indivíduos interajam e usem seu Bitcoin Node em seus telefones celulares.

A Human Rights Foundation irá dar apoio à Fontaine para que esse aplicativo ganhe uma versão web para que se alcance um público mais amplo. A privacidade não será problema, uma vez que o aplicativo terá como base o Tor, o que dificultará a identificação dos usuários. 

O dinheiro doado é de um fundo lançado em junho de 2020. O Bitcoin Development Fund vive de doações e busca, segundo a entidade, apoiar desenvolvedores de software que estão melhorando a rede Bitcoin a fim de “servir melhor como uma ferramenta financeira para ativistas de direitos humanos, organizações da sociedade civil e jornalistas em todo o mundo”.

Fundo de Bitcoin da HRF

A primeira doação do fundo foi feita em junho, na época em que o Bitcoin Development Fund foi criado. Chris Belcher havia recebido da HRF uma doação “por seu trabalho no CoinSwap para ajudar a derrotar a análise da cadeia e a vigilância financeira”.

Na época, Gladstein afirmou que “defensores de direitos humanos e repórteres em todo o mundo enfrentam uma repressão financeira crescente na forma de contas bancárias congeladas”.

Publicidade

Segundo o ativista, essas pessoas ainda sofrem com restrições a financiamento estrangeiro. “Há vigilância de pagamentos e dificuldade geral em obter renda ou receber doações”. 

Ele afirmou ainda que o autoritarismo e a vigilância vem aumentando em muitos países e que o uso da rede Bitcoin, ao lado de aplicativos de mensagens criptografadas como Signal e projetos como o Tor Browser e SecureDrop, “pode ser uma ferramenta poderosa” para esses defensores de direitos humanos. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Senador que chamou Bitcoin de "escolha ideal para criminosos" é condenado por corrupção

Senador que chamou Bitcoin de “escolha ideal para criminosos” é condenado por corrupção

“Este caso sempre foi sobre níveis chocantes de corrupção”, disse o procurador dos EUA
Moedas de bitcoin empilhadas em formato de torre

Alta do Bitcoin vai além de Trump e fundamentos mostram possível forte recuperação, diz analista

Beto Fernandes, analista da Foxbit, afirma que os próprios fundamentos do Bitcoin explicam a valorização e ressalta relação oferta e demanda
Moedas de bitcoin sob bandeira da Argentina

Argentina sanciona lei que permite aumento de capital de empresas com criptomoedas

Javier Milei também nomeou um especialista em blockchain para liderar Agência Federal de Segurança Cibernética
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio