Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) sobe 4% e puxa mercado de criptomoedas; Ethereum (ETH) e Solana (SOL) em alta de até 13% após ataque
Foto: Shutterstock

A movimentação no mercado de criptomoedas ainda está relacionada com o ataque hacker de R$ 1,7 bilhão no Wormhole, projeto que criou uma ponte entre as blockchains de Solana e Ethereum.

A empresa Jump Trading repôs os 120 mil Ethereum roubados, o que deu ao mercado uma confiança de que não iria começar uma quebradeira geral nas altcoins.

Publicidade

O resultado são altas fortes nos tokens que tinham alguma relação com o Wormhole.

Solana (SOL), o mais afetado de todos, opera em alta de 11,3% e é vendido a US$ 105, segundo dados do CoinGecko.

Ethereum (ETH) registra valorização de 9,2% e está cotado em US$ 2.837. É muito provável que a compra de uma só vez de 120 mil ETH pela Jump, para serem aplicados na Wormhole, tenha elevado o preço e aquecido a demanda. Se for apenas isso, a tendência é de uma desaceleração nos próximos momentos.

De qualquer forma, a segunda maior criptomoeda do mercado apresenta uma alta de incríveis 17,7% nos últimos sete dias.

A ponte de blockchains operava também diversas outras criptomoedas, que agora crescem: operam em alta Avalanche (+8,5%), Binance Coin (+4,4%), Oasis Network (+9,1%), Polygon (5,3%) e Terra (+7,2%).

BTC e as empresas de tecnologia

O Bitcoin (BTC) apresenta valorização de 3,8% e é vendido a US$ 37.941. Na quinta-feira (3), a Meta (ex-Facebook) divulgou seus resultados, que decepcionaram o mercado e as ações da empresa tiveram forte queda.

Publicidade

Boa parte do mundo cripto disse que isso influenciou o fato do Bitcoin ter registrado perdas no mesmo dia. Caso isso seja verdade, a correlação entre a critpomoeda e as big techs está muito estreita, o que não é bom sinal – a força do BTC sempre veio em grande parte de ser muito independente e ter pouca correlação.

A montanha russa do Bitcoin no momento está no verde: o ativo tem alta de 1,8% no acumulado dos últimos sete dias.

O Índice do Portal do Bitcoin (IPB) registra R$ 202.122.

Todo mundo em alta

O mercado está de ótimo humor nesta sexta-feira (4). No momento em que esta reportagem é escrita, todas as 100 maiores criptomoedas estão em alta, mesmo que pequena.

Valorizações de 4,2% para Cardano, 6% para Polkadot, 3,2% para Dogecoin, 3,6% para Shiba Inu, 12,2% para Cosmos, 5,9% para Litecoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Agora você pode guardar seu Bitcoin sob a pele

Agora você pode guardar seu Bitcoin sob a pele

A VivoKey Technologies, com sede em Seattle, oferece carteiras de Bitcoin subdérmicas para transações seguras de criptomoedas usando tecnologia NFC e RFID
Imagem da matéria: As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

De pistolas de massagem a máquinas de costura, os jogadores estão pensando em maneiras malucas e criativas de otimizar seus toques no Hamster Kombat
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas tiveram entradas líquidas de US$ 441 milhões após quatro semanas de saídas, com investidores vendo oportunidade na queda dos preços
Moedas de bitcoin sob bandeira da Argentina

Argentina sanciona lei que permite aumento de capital de empresas com criptomoedas

Javier Milei também nomeou um especialista em blockchain para liderar Agência Federal de Segurança Cibernética