Ilustração do logotipo da criptomoeda Ethena (ENA) envolta a um gráfico de preço
Imagem editada por Decrypt usando IA

A Ethena Labs anunciou uma revisão em sua economia baseada em tokens (tokenomics) que agora exige que os destinatários de airdrop bloqueiem pelo menos metade de seus tokens ENA. Esse movimento inesperado pegou os usuários desprevenidos e causou alvoroço.

De acordo com as novas regras, os destinatários do airdrop da ENA terão que bloquear 50% ou mais de seus tokens oriundos de airdrop ou correrão o risco de perdê-los. A regra entrou em vigor em 17 de junho — dois meses após o airdrop da ENA, ocorrido em abril.

Publicidade

A equipe disse que, ao aplicar esta regra, pretende encorajar os detentores de longo prazo em vez de atrair “capital mercenário” — fundos utilizados por investidores ou traders para obter lucro rápido à custa da estabilidade de longo prazo do protocolo.

A equipe destacou que nenhum dos tokens não investidos irá para a organização.

“Nenhum dos $ENA perdidos como resultado do não cumprimento das condições acima será retido pela fundação, equipe ou investidor — e é apenas para beneficiar os usuários alinhados com o ecossistema”, disse a equipe no blog.

O anúncio fez com que o preço da ENA caísse para US$ 0,58, uma queda de 18% nas últimas 24 horas, o que marca um dos piores desempenhos do dia entre as 100 principais criptomoedas por capitalização de mercado.

ENA

ENA é o token de governança do protocolo DeFi que emite a USDe, uma stablecoin sintética atrelada ao valor de US$ 1. De acordo com as novas regras, os destinatários do airdrop da ENA agora terão que bloquear pelo menos metade de seus tokens lançados nos programas Ethena locking, PT-ENA on Pendle, ou Symbiotic Restaking.

Publicidade

Esta não é a primeira vez que a Ethena Labs se vê envolvida em polêmica. Em fevereiro, a entidade vangloriou-se de ter arrecadado milhões de investidores bem conhecidos, o que mais tarde se revelaria ser falso devido a um comunicado de imprensa impreciso.

Isso levou a equipe a admitir que cometeu um “honest mistake”, que em inglês significa um erro cometido inocentemente ou sem intenção maliciosa.

Os usuários ficaram insatisfeitos com essa mudança repentina na tokenomics, com muitos apontando falhas no protocolo ou na própria equipe.

“O $ENA foi feito para governança? Porque não tenho certeza se vi alguma proposta de votação lançada antes disso. Primeiro, alteramos nosso desbloqueio mensal para desbloqueio semanal durante a noite. Então agora somos forçados a bloquear 50% dos nossos desbloqueios”, escreveu um usuário do X. “Qual é o sentido de um token de governança?”

Publicidade

Outro usuário descartou totalmente a narrativa de capital mercenário.

“Mudar nosso cronograma de aquisição de direitos e agora forçar o staking de 50% é apenas tentar manter o valor até que a equipe e o investidor desbloqueiem em seis meses”, disse.

Enquanto isso, um usuário disse que a equipe Ethena perdeu sua credibilidade, pois pode alterar as regras a qualquer momento — acrescentando que os usuários sempre terão que agir com cautela ao interagir com o ecossistema Ethena daqui para frente.

“Forçando os beneficiários de airdrops a isso, titulares da ENA desacreditam a confiabilidade de todos os futuros airdrops e, de fato, desacreditam a equipe Ethena”, tuitou o educador de DeFi John Galt.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
Celular mostra logotipo da memecoin BONK

Memecoins da Solana Bonk e Billy disparam em meio à queda do mercado

Movimentos significativos foram feitos no mercado, transformando a BONK na maior memecoin de Solana e o Gigachad o maior vencedor semanal
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Partido de Trump lança programa que visa impulsionar a inovação com criptomoedas

Documento faz menções contra CBDCs e a favor da mineração de Bitcoin
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

LIFT Lab do BC retorna com edição focada em blockchain, tokenização e cripto

Desde 2018, projetos que chegaram na fase de aceleração do LIFT Lab receberam R$ 400 milhões da iniciativa privada para serem desenvolvidos
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Brasil é o 6º país com maior adoção de criptomoedas do mundo

Ranking global de adoção de criptomoedas é liderado pelos Emirados Árabes, com 25%; Brasil aparece em 6º, com 17,5%