Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF
Shutterstock

Depois de perderem uma sequência recorde de 19 dias de entradas líquidas e passarem alguns dias registrando saídas, os 11 ETFs de Bitcoin à vista negociados nos Estados Unidos voltaram a ter fluxo positivo na quarta-feira (12): US$ 100,9 milhões positivos na balança.

O fundo FBTC da Fidelity liderou as entradas na quarta, com US$ 51 milhões, seguido por entradas de US$ 16 milhões do IBIT da BlackRock, segundo dados do site SosoValue.

Publicidade

Já o BITB da Bitwise registrou fluxo positivo de US$ 15 milhões, e o HODL da VanEck teve entradas líquidas de US$ 12 milhões. O ARKB da Ark Invest também ganhou US$ 9 milhões.

Do outro lado ficou o ETF GBTC, da Grayscale, que tem registrado saídas líquidas na maioria dos dias desde que foi lançado em 11 de janeiro. Ontem, ele e os fundos da WisdomTree, Invesco e os outros da lista ficaram no zero a zero.

Desde a sua criação, os 11 ETFs de Bitcoin atraíram entradas líquidas totais de US$ 15,52 bilhões, de acordo com a SosoValue.

O movimento positivo de quarta coincidiu com uma recuperação momentânea do mercado durante a manhã e início da tarde, com o Bitcoin (BTC) chegando a voltar para os US$ 71 mil após o dado de inflação dos EUA, o CPI, mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado no país.

Publicidade

Durante a tarde, o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) decidiu manter a taxa de juros americana no nível entre 5,25% e 5,50%, com os diretores do Federal Reserve indicando para só um corte das taxas este ano.

Isso fez com que o BTC voltasse a recuar no fim da tarde de ontem. Nesta quinta, a criptomoeda opera com leves ganhos em torno de 0,5% no acumulado de 24%, cotada a US$ 67.750.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
Dólares equilibrados formam uma pirâmide

Mercado ligado a elite do Camboja movimentou R$ 59 bilhões para golpistas cripto

Um grupo ligado à família Hun, no poder do Camboja, foi acusado de estar envolvido em um golpe multibilionário de cripto
Imagem da matéria: Sony vai lançar corretora de criptomoedas no Japão

Sony vai lançar corretora de criptomoedas no Japão

Uma subsidiária da Sony adquiriu a exchange de criptomoedas WhaleFin no ano passado e agora a renomeou para S.BLOX, preparando-se para relançá-la
Imagem da matéria: Além da Nomad, Wise e Avenue admitem relação com banco que teve dados de clientes vazados

Além da Nomad, Wise e Avenue admitem relação com banco que teve dados de clientes vazados

O banco Evolve & Trust foi alvo de um ataque que resultou no vazamento de 33 terabytes de dados sobre clientes; empresas brasileiras estão entre as afetadas
Imagem da matéria: Justiça torna sócios da gestora cripto Titanium réus por crimes financeiros

Justiça torna sócios da gestora cripto Titanium réus por crimes financeiros

Juiz aceitou a denúncia do Ministério Público contra os sócios da Titanium e da Sbaraini, além de mais sete pessoas, por investigações da Operação Ouranós