Imagem da matéria: Estrela do UFC é acusada de aplicar golpe em fãs com token que foi a zero
Khamzat Chimaev (Foto: Reprodução/X)

Depois de não conseguir lutar por nove meses seguidos, a estrela invicta do UFC, Khamzat Chimaev, focou sua atenção nas criptomoedas — e agora está lançando sua própria memecoin.

Na terça-feira (2), o lutador nascido na Rússia perguntou aos fãs em qual criptomoeda ele deveria investir, pedindo sugestões — e pânico — aos seus seguidores. É a mesma cartilha que a maioria das celebridades que estão prestes a lançar seu próprio token tem usado ultimamente. E, com certeza, foi exatamente isso que Chimaev fez.

Publicidade

No dia seguinte, ele pediu aos fãs que comprassem a memecoin “SMASH”, com o tema de Khamzat, em homenagem ao seu famoso mantra de “esmagar todo mundo” que fosse colocado à sua frente.

“Há uma criptomoeda sobre mim — eles a chamam de SMASH”, disse Chimaev no X. “Vamos ‘esmagar’ juntos, pessoal — vamos lá.”

Infelizmente, para os primeiros compradores, o SMASH despencou para zero na sexta-feira (5), quase tão rápido quanto Chimaev nocauteou a maioria de seus oponentes. O GeckoTerminal mostra que o token caiu 96% nas últimas 24 horas, tendo sofrido um colapso drástico nas horas seguintes ao post do lutador no X.

SMASH era dump-and-pump?

Familiarizados com esses esquemas, os veteranos das criptomoedas foram rápidos em chamar a atenção de Chimaev em suas respostas para o que parecia ser um clássico pump-and-dump cripto. O detetive de blockchain ZachXBT conseguiu rapidamente vincular as “carteiras internas” que despejaram a maior parte do suprimento de tokens diretamente às carteiras da equipe de desenvolvimento do lutador, sugerindo que se tratava de um golpe orquestrado.

Publicidade

“O uso da análise de tempo confirma que 71% das carteiras de insiders e da equipe de desenvolvimento estão diretamente ligadas, pois foram financiadas pelo mesmo endereço Ethereum“, explicou ZachXBT.

O analista citou vários endereços Solana que receberam transferências da Binance e do aplicativo de troca de tokens SideShift logo após um endereço Ethereum comum ter enviado transferências de valores aproximadamente iguais para as exchanges.

De acordo com a análise do detetive, um desses endereços era uma carteira interna de SMASH que posteriormente dispersou seus 86,55 SOL (no valor aproximado de US$ 12 mil) para 24 endereços separados, por meio dos quais comprou 712 milhões de SMASH — 71,2% de todo o suprimento.

Desde então, Chimaev excluiu todos os posts no X relacionados a criptoativos ou ao seu token SMASH.

O lutador estava programado para uma luta contra o terceiro colocado no ranking dos pesos médios, Robert Whittaker, na Arábia Saudita, em 22 de junho, mas foi forçado a desistir da luta devido a uma doença grave. A luta ainda não foi remarcada, mas os primeiros compradores de SMASH podem estar esperando por uma punição de Chimaev nas mãos de Bobby Knuckles mais cedo ou mais tarde.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pedem que EUA tratem diretor da Binance preso na Nigéria como refém

Numa resolução apresentada ao Congresso, os deputados French Hill e Rich McCormack apelaram à libertação de Tigran Gambaryan
Imagem da matéria: Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Pelas novas regras da Anbima, gestores terão de descrever os controles de gestão das criptomoedas e apresentar a metodologia de precificação dos ativos
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Os ETFs de Bitcoin à vista negociados nos EUA captaram US$ 654,3 milhões entre os dias 5 e 9 de julho
Logo da blockchain Solana

Solana Actions: nova aplicação quer permitir transações de criptomoedas em qualquer site ou app

Os novos recursos Actions e Blinks têm como objetivo “colocar cripto de volta no Crypto Twitter”, disse o executivo da Solana Foundation