Imagem da matéria: Empresa no DF usa criptomoedas como isca e dá prejuízo de R$ 500 mil a investidores
Foto: Shutterstock

A Polícia Civil do Distrito Federal está investigando o proprietário de uma empresa suspeita de gerar prejuízos estimados em R$ 500 mil ao prometer lucros em operações com criptomoedas.

De acordo com o portal Metrópoles, o operador financeiro Marcos Fábio Pereira de Araújo, 41, atraía vítimas com promessas de até 22% de retorno ao mês sobre investimentos.

Publicidade

Araújo consta como proprietário da BitmoneyGo Intermediação e Agenciamento de Serviços e Negócios. O cadastro junto à Receita Federal aponta que a empresa tem sede em um prédio comercial de Águas Claras, cidade-satélite de Brasília.

No entanto, investigadores que foram ao endereço da corretora no último sábado (16), na Avenida Pau Brasil, encontraram o local fechado. 

De acordo com as vítimas, o dono da BitmoneyGo encerrou as atividades da empresa logo após os golpes.

Segundo apuração dos agentes da Polícia Civil, Araújo estaria atualmente vivendo com o irmão no Estado da Flórida, nos Estados Unidos.

Marcos Fábio Pereira de Araújo, apontado como golpista que atua no mercado de criptomoedas. Foto: Reprodução

O delegado Miguel Lucena, responsável pelo caso, informou ao Metrópoles que o fato de o suspeito estar fora do Brasil não é impedimento para continuidade das investigações.

Publicidade

“Mesmo longe do país, o inquérito está em andamento, e o acusado deverá ser indiciado e ter a prisão expedida pela Justiça. Caso volte ao Brasil, poderá ser preso”.

Vítimas vendem até carro

Iludidos pela promessa de lucros altos em um curto espaço de tempo, as vítimas empenhavam economias e chegaram até a vender bens.

Segundo o Metrópoles, entre os investidores ouvidos pela polícia estão um idoso de 71 anos, que firmou três contratos junto à empresa totalizando R$ 217 mil. 

Uma mulher de 41 anos vendeu o próprio carro – avaliado em R$ 24 mil – e empenhou mais R$ 1.000 para investir na BitmoneyGo.

Publicidade

Nos dois casos, de acordo com depoimentos dos clientes lesados, nenhum pagamento foi realizado, apesar da insistência no contato com Araújo e das promessas não cumpridas do proprietário da corretora.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Sigla ETF ao lado de moeda dourada de Ethereum

ETFs de Ethereum na semana que vem? Veja a projeção de quando os fundos devem estrear nos EUA

Mercado aguarda ansioso desde maio pela estreia dos ETFs de Ethereum à vista nos EUA
Imagem da matéria: Memecoins inspiradas em Trump saltam após decisão da Suprema Corte dos EUA

Memecoins inspiradas em Trump saltam após decisão da Suprema Corte dos EUA

Suprema Corte decidiu que Trump não pode ser processado e julgado por atos que cometeu enquanto era presidente dos EUA
Chuva de criptomoedas

As 3 criptomoedas que superaram o Bitcoin no 2º trimestre

Euforia das memecoins, um ativo vinculado ao Telegram e um token que busca resolver o trilema da blockchain foram os maiores vencedores do 2º trimestre
Imagem da matéria: Governo do Paraguai "rouba" os mineradores de Bitcoin, acusa senador

Governo do Paraguai “rouba” os mineradores de Bitcoin, acusa senador

Segundo o senador Salyn Buzarquis, decisão do governo do Paraguai de aumentar a tarifa de energia prejudica os mineradores que trabalham corretamente