Imagem da matéria: Em meio a protestos, El Salvador se prepara para adotar o Bitcoin como moeda legal
Protesto na capital São Salvador. (Foto: Reprodução)

No 7 de setembro, dia em que o Brasil comemora a independência, El Salvador se tornará o primeiro país do mundo a adotar o Bitcoin como moeda de curso legal, medida que dará ao ativo o mesmo posto que o dólar americano, moeda oficial do pequeno e sofrido país da América Central.

A proximidade da medida, que ganhou o nome de Lei Bitcoin, deixou entusiastas do setor felizes da vida. Nas redes sociais e na internet, chovem posts com contagens regressivas e matérias de veículos especializados com títulos do tipo ‘Bitcoin levará El Salvador para o futuro”.

Publicidade

O presidente do país, Nayib Bukele, a todo momento vai ao Twitter para bater na tecla de como a nação é inovadora ao adotar a principal criptomoeda como oficial. Ele prometeu dar US$ 30 em BTC a todos os cidadãos que baixarem a carteira cripto do governo, a Chivo.

O grito da população

A euforia, no entanto, não é vista em todos os setores da sociedade. E o maior grito de oposição é da própria população do país, que desde junho – quando a legislação pró Bitcoin foi aprovada – vem fazendo protestos contra a medida.

Na semana passada, segundo a agência de notícias Reuters, centenas de salvadorenhos – entre trabalhadores, veteranos de guerra e aposentados – ocuparam as ruas da capital São Salvador. Nas mãos, cartazes com frases “Bukele, não queremos bitcoin” e “não à lavagem de dinheiro”.

A população e os empresários estão receosos porque não entendem como o BTC funciona e por causa da volatilidade da moeda, mostrou pesquisa com 1.600 pessoas divulgada em junho pela Câmara de Comércio e indústria de El Salvador.

Publicidade

Defensores do governo, no entanto, dizem que a oposição dos cidadãos é coisa criada pela mídia mainstream e tentam minimizar os atos:

“Os meios de comunicação tradicionais, pagos para manter um status quo que os beneficie, inclusive os internacionais, vendem protestos como grandes manchetes. Mas a realidade é esta: 8 pessoas que não entendem o que são contra, porque não sabem como isso funciona contra o que estão lutando. Homem encolhendo os ombros”, tweetou o comentarista Jose Valdez no domingo (29).

O fato é que adoção do BTC vem encontrando resistência também de organizações internacionais, como Banco Mundial e FMI, e economias desenvolvidas, a exemplo dos Estados Unidos.

A Falta de regulação e as narrativas de que o Bitcoin joga contra padrões internacionais de combate à lavagem de dinheiro (AML) e a favor terrorismo, além da volatilidade da criptomoeda, são os argumentos desses órgãos.

Publicidade

“A adoção do bitcoin como moeda legal nos coloca em uma montanha-russa”, disse Carlos Acevedo, economista que foi governador do banco central de El Salvador de 2009 a 2013, ao The Wall Street Journal na semana passada.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

O diretor de engenharia, Nishad Singh, receberá a pena no dia 30 de outubro, e o CTO, Gary Wang, no dia 20 de novembro
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank Cripto expande funcionalidade de alerta de preços de criptomoedas

É possível ativar o recebimento de alertas a partir de variações de preço de 3%, 6% ou 9% – sempre dentro de um período de 24 horas
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code deste sábado (20)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code deste sábado (20)

Procurando o combo diário e o código cifrado de sábado, 20 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores