Imagem da matéria: Dificuldade de mineração do Bitcoin tem a segunda maior queda da história
Foto: Shutterstock

A dificuldade de mineração de Bitcoin foi ajustada nesta terça-feira (03) em aproximadamente -16%, com base em dados publicados pela Glassnode. Isso representa o segundo maior ajuste de dificuldade na história de 12 anos do Bitcoin.

A dificuldade de mineração de Bitcoin, em termos simples, indica o quão difícil e demorado é encontrar um novo bloco na blockchain do Bitcoin. A dificuldade em si está tipicamente relacionada ao número de mineradores ativos na rede, mas pode haver outras explicações que indicam o que pode estar por vir no futuro do Bitcoin, incluindo o que os mineiros chineses têm feito.

Publicidade

“A maioria dos mineradores em grande escala desliga suas máquinas e alguns até mesmo realocam suas operações para a região de Xinjiang, na China, voltando a funcionar algumas semanas depois. O resto da rede simplesmente pega a folga e a dificuldade se ajusta de acordo”, disse Jason Dane, analista de Bitcoin da Quantum Economics, ao Decrypt.

Dane está se referindo ao fim da estação chuvosa na província de Sichuan, na China. Quando os mineradores desligam suas máquinas para ir em direção a Xinjiang.

Além dos dados do Glassnode, o Bitcoin Difficulty Estimator, que atualiza a cada segundo, coloca a atual dificuldade de mineração do Bitcoin em aproximadamente 16 trilhões, caindo de aproximadamente 19 trilhões, representando o ajuste aproximado de -16%.

Em janeiro de 2018 – depois da alta sem precedentes do Bitcoin em 2017 – o Bitcoin viu seu maior ajuste de dificuldade de mineração, de acordo com dados mostrados pelo BTC.com.

Publicidade

Com uma história como essa, pode-se supor que um grande ajuste negativo da dificuldade de mineração indica um preço baixo ou uma falta de confiança no Bitcoin. No entanto, de acordo com Deane, esse não é o caso hoje.

“Este é puramente um evento anual de rotina que por acaso está em um período de alta para o bitcoin, o que significa que os mineradores se sairão muito bem nos próximos 14 dias [até ocorrer o próximo ajuste de dificuldade]”, disse Deane.

O próximo ajuste está programado para ocorrer em 15 de novembro de 2020.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Carteira controlada pelo governo da Alemanha enviou mais de US$ 28 milhões em BTC para corretoras nesta manhã
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Especialistas estão confiantes na capacidade do mercado absorver qualquer pressão de venda que possa vir dos credores da Mt. Gox
Imagem da matéria: Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Ainda não atingimos o fundo, afirmam os analistas que preveem um aumento significativo do BTC até o final do ano
Imagem da matéria: História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

Terceiro trimestre é historicamente o período de menor ganho para o Bitcoin, mas uma possível queda de juros nos EUA pode mudar o cenário em 2024