Imagem da matéria: Corretoras do Grupo Bitcoin Banco Negociecoins e Tem BTC ficam fora do ar
Foto: Shutterstock

Na tarde desta terça-feira (26), os sites das corretoras do Grupo Bitcoin Banco (GBB), Tem BTC, NegocieCoins e NegocieCoins PRO saíram do ar.

Segundo a assessoria de imprensa do GBB, as plataformas se encontram em manutenção temporária e em breve retornarão ao ar. A manutenção, porém, não teve aviso prévio. O site do Bitcoin Banco permanece normal.

Publicidade

O fato chama a atenção porque no início deste mês o Bitcoin Banco entrou com pedido de recuperação judicial para todas as empresas do grupo, o que pode ter sido uma tática para “congelar”, reorganizar e parcelar as dívidas com os credores.

A suposta ação ficou mais evidente ainda porque o pedido de recuperação aconteceu em questão de dias após um outro, dos clientes, que pedirem judicialmente a falência do grupo.

Junto, os advogados pediram também o indeferimento de um eventual pedido de recuperação judicial.

Tudo isso aconteceu entre o dia 29 de outubro e 04 de novembro.

Na petição registrada no Tribunal de Justiça do Paraná pelo GBB constam as seguintes empresas do grupo:

  • Bitcurrency Moedas Digitais, conhecida como Bitcoin Banco;
  • Dream Word Informática;
  • NegocieCoins;
  • Open Coin Serviços Digitais;
  • Principal Apoio Administrativo;
  • Tagmob Administração e Corretagem de Imóveis;
  • TemBTC;
  • Zater;

Contudo, os clientes são contra o pedido porque eles acreditam que o grupo não tem como se reerguer, uma vez que não tem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para operar, sendo inclusive notificado pela autarquia.

Caso seja aceita, a falência poderia forçar a empresa a abrir as suas contas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento