Como o Blockchain pode ajudar na luta contra o Coronavírus

Foto: Shutterstock


À medida que o mundo enfrenta o avanço do coronavírus, a tecnologia blockchain vem emergindo como uma solução estratégica na luta contra esse vírus mortal e seus efeitos sobre a sociedade. As soluções baseadas em blockchain oferecem uma série de benefícios que podem facilitar os desafios individuais, institucionais e comerciais resultantes da adoção de medidas para combater a propagação do COVID-19.

As medidas emitidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) incluem o fechamento de escolas, o aconselhamento para que as pessoas trabalharem em casa, o cancelamento de reuniões com mais de dez pessoas, entre outras.

Devido a baixa expectativa para uma rápida resolução a essa crise global de saúde, diferentes soluções impulsionadas pela tecnologia blockchain podem ser aproveitadas para ajudar a enfrentar os desafios que se seguem. Os setores que podem se beneficiar dos recursos da tecnologia blockchain durante esta pandemia incluem;

  • Saúde
  • Educação
  • Negócios
  • Mídia
  • Cadeias de suprimentos

Saúde

Sem dúvida, o setor de saúde é o mais atingido pelo COVID-19. Por esse motivo, acelerar a prestação de serviços de saúde é um aspecto crucial na luta contra a pandemia. 

Uma das maneiras pela qual a tecnologia blockchain pode contribuir para acelerar a prestação de serviços de saúde é reduzindo o volume de papelada envolvida. A natureza descentralizada do blockchain significa que as plataformas de documentação baseadas nessa tecnologia podem excluir totalmente o processo em papel e a exigência de entrega de documentos para as unidades de saúde. Soluções como esta são vitais para conter a propagação do COVID-19 por meio de contato pessoal. 

Durante uma crise de saúde a disponibilidade de recursos financeiros também representa um aspecto chave para a manutenção do acesso à serviços de saúde adequados. E aí está outra situação em que o uso de tecnologia blockchain na luta contra a pandemia pode se tornar essencial.

Na China, por exemplo, uma plataforma baseada em blockchain conhecida como Xiang Hu Bao priorizou transações associadas ao COVID-19 para o processamento de pagamentos. 



Devido à sua natureza descentralizada e à minimização de processos burocráticos  as reivindicações e pagamentos podem ser acelerados, aliviando as consequências associadas à demora de transações. Nas plataformas blockchain os solicitantes fornecem a documentação de comprovação, e esta será acessada imediatamente pelas empresas de processamento na blockchain. 

Além da facilidade com que as reivindicações podem ser feitas, a tecnologia blockchain assegura um processo transparente, pois todas as partes envolvidas são capazes de acompanhar o processo pela rede.

Educação

Com a maioria dos governos em todo o mundo suspendendo as aulas presenciais, houve uma mudança previsível em direção ao e-learning. Nesse contexto, as soluções baseadas em blockchain no setor educacional podem ajudar as instituições de ensino a rastrear seus alunos que trabalham remotamente, registrando-os no blockchain. 

Estão sendo demandadas soluções que se integrem perfeitamente aos sistemas de aprendizado convencionais a fim de que seja facilitado o credenciamento do progresso de cada aluno. Um exemplo disso é a Odem, uma plataforma de educação e credenciamento em blockchain que foi adotada pela Oral Roberts University em Tulsa, Oklahoma, para facilitar a interrupção causada pelo COVID-19.

Negócios

Dizer que o COVID-19 trouxe grande impactos nas empresas é algo nítido e não deve ser ignorado. Com a maioria das empresas enfrentando o risco de colapso, o acesso a empréstimos nesse momento crítico é um caminho crucial para sua sobrevivência. 

No entanto, todos sabemos como o processo de empréstimo pode ser entediante.  A falta de confiança nos mutuários, os desafios de verificação, a falta de compartilhamento de informações e a ausência de supervisão imediata são alguns dos aspectos que dificultam esse processo. E, com a crise do coronavírus, esses desafios foram ampliados significativamente. 

No entanto, a tecnologia blockchain pode resolver essas questões por meio de plataformas de serviços financeiros transfronteiriços. Estas ajudarão médias e microempresas a melhorar a eficiência e a conveniência de receber financiamento do comércio de exportação, entre outros suportes de crédito financeiro, mitigando os efeitos COVID-19 em seus negócios.

Mídia

Um dos principais desafios da luta global contra o coronavírus tem sido a questão de compartilhamento de informações falsas, as “fake news”. 

No entanto, as soluções baseadas em blockchain na indústria de relatórios de mídia podem garantir transparência no rastreamento do número de infecções, recuperações e mortalidade em todo o mundo e em tempo real. Essencialmente, uma vez que informações credíveis são adicionadas à plataforma, elas não podem ser manipuladas ou deturpadas.

A disseminação de informações precisas é fundamental para o sucesso na luta contra essa pandemia. 

Cadeias de suprimentos

O sucesso da busca global de combate ao COVID-19 também depende da entrega pontual de suprimentos médicos e de doações. Ao longo dos anos, surgiram desafios associadas ao correto tratamento de doações públicas e a forma de distribuição desta ajuda financeira. Polêmicas associadas a essa discussão foram mal recebidas pelo público que passou a ter maior desconfiança em instituições de caridade patrocinadas pelo Estado em diferentes partes do mundo. 

Um dos principais recursos na luta contra o coronavírus é a disponibilidade de máscaras faciais e outros equipamentos de proteção para a equipe médica da linha de frente. No entanto, a tecnologia blockchain demonstrou que pode otimizar gargalos nas cadeias de suprimentos. As soluções baseadas em blockchain podem ser usadas para o registro e rastreamento de materiais de prevenção contra pandemia, como máscaras, luvas e outros equipamentos de proteção, bem como doações públicas para a causa. 

O sucesso contra o novo coronavírus depende do agrupamento de todos os recursos disponíveis tanto na linha de frente quanto no fornecimento de soluções que aliviam os desafios decorrentes das rotinas diárias normais. É evidente que a tecnologia blockchain tem um papel importante a desempenhar.


Sobre o autor

Fares Alkudmani é formado em Administração pela Universidade Tishreen, na Síria, com MBA pela Edinburgh Business School, da Escócia. Desde janeiro de 2019, atua na empresa de criptomoedas Changelly como gerente geral para a América Latina.