Imagem da matéria: Comerciante de gás de SP aceita Bitcoin e tira dúvidas de vizinhos sobre criptomoedas
(Fachada do Gás Vera. Foto: Divulgação)

“Bitcoin. Aceitamos aqui”, diz um banner pendurado na fachada do depósito de gás de Luiz Alberto, também conhecido por Beto, no bairro de Freitas, em São José dos Campos, interior de São Paulo.

É lá que ele vende o ‘Gás Vera’, nome dado ao comércio em homenagem à esposa Vera Lúcia. O valor do botijão é R$ 70 e quem quiser pagar com bitcoin paga na conversão — no momento da escrita seria em torno de 0,0015 BTC.

Publicidade

Beto é natural de São José dos Campos. Antes de começar a trabalhar com gás ele tinha uma fábrica de embalagens que produzia caixas para pizza.

Aliás, pouco tempo depois que o empresário soube o que era Bitcoin, em 2009, ele acompanhou o caso das ‘pizzas mais caras do mundo’.

Em 2010 o húngaro Laszlo Hanyecz pagou 10 mil bitcoins em duas pizzas (cerca de R$ 450 milhões, se fosse hoje) — surgia o Bitcoin Pizza Day.

“Fiquei mais interessado, mas sem muita informação e pessoas para conversar a respeito, passou o interesse, como não foquei, voltei pra rotina”, disse ao Portal do Bitcoin.

Publicidade

A iniciativa de aceitar Bitcoin fez com que logo sua esposa mandasse confeccionar o banner para pendurar na frente do comércio — eles também aceitam Ethereum, Litecoin, Bitcoin Cash, Ripple e Dash.

Bitcoin mais presente

Luiz Alberto disse que hoje vê o bitcoin mais presente e mais próximo das pessoas.

À reportagem, ele falou que o “intuito é de mostrar para as pessoas que o Bitcoin está mais próximo de nós, no dia a dia. Assim trocar informações com as pessoas interessadas no assunto, e claro fazer a venda com a moeda”.

Até o momento, o depósito ainda não recebeu nenhuma venda em criptomoeda, mas alguém foi lá e arriscou. No entanto, o cliente estava sem fundo na exchange, contou o comerciante.

Segundo ele, curiosos não faltam. Beto sempre tira as dúvidas de quem o procura para saber sobre o Bitcoin.

“Tivemos interessados e curiosos no assunto”.

Ele conta que a maioria das pessoas quer entender como funciona, por que muda tanto o valor, como faz para comprar o Bitcoin etc, e esclarece esses tipos de pergunta. 

Publicidade

Ele acrescentou:

“O Bitcoin hoje é como foi com o E-commerce em 2007, as pessoas tinham muitas dúvidas e medo de comprar pela Internet. As moedas virtuais já são uma realidade, só o tempo fará com que as pessoas utilizem com mais frequência, a partir de conhecimento a respeito”.

Agora, Beto diz que aprende sobre blockchain, mineração e arbitragem e recentemente aprendeu sobre o Halving, que está prestes a acontecer na rede do bitcoin.

O Ubirajara Comércio de Gás, ou simplesmente ‘Gás Vera’, fica na Estrada José Benedito de Oliveira, 340, no Bairro dos Freitas em São José dos Campos.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Bitcoin e Ethereum andam de lado, enquanto algumas altcoins registram ganhos em um dia de perdas para os índices acionários globais
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Receita alerta sobre golpe do “erro na declaração” do Imposto de Renda; veja como se proteger

Os criminosos informam supostos erros em declarações para induzir a vítima a baixar um arquivo malicioso
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Quedas resultaram em quase US$ 200 milhões em posições de derivativos alavancadas liquidadas em diversos criptoativos, segundo CoinGlass