Imagem da matéria: China Prende Membros de Pirâmide Acusados de Fraude de US$ 2 Bilhões
(Foto: Shutterstock)

Procuradores do governo chinês condenaram quatro suspeitos de coordenarem suposto esquema bilionário de pirâmide envolvendo criptomoedas. O resultado do julgamento foi publicado nessa quarta-feira (23) no site da Suprema Procuradoria Popular da província de Hunan, repercutido pelo site Coindesk. Aproximadamente, US$ 2 bilhões teriam sido roubado de investidores.

As investigações ocorrem desde setembro do ano passado e já possuem 98 suspeitos envolvidos. O alvo das investigações são os membros da WeikaCoin, braço chinês da OneCoin, que vem sendo processada em diversos outros países na África, Ásia e Europa por suposto esquema de fraude financeira.

Publicidade

Só na China, a empresa teria acumulado ¥15 bilhões, ou US$2 bilhões, cooptando cerca de 2 milhões de vítimas em mais de 20 províncias. Os membros da companhia considerados culpados terão de enfrentar penas de até quatro anos de prisão e ressarcimento equivalente a até US$ 783 mil. Até a publicação, US$ 266 milhões foram recuperados.

A OneCoin é de propriedade da empresária Ruja Ignatova. Embora sua sede fique no Vietnã, as autoridades locais afirmam que a empresa não possui registro legal. No site da companhia, são oferecidos “pacotes” de investimento em criptomoeda com valores entre €110 e €55.555. Em nota relacionada a escândalos anteriores, a empresa diz:

A OneCoin acredita que todas as alegações midiáticas são fruto de uma campanha bem organizada com o intuito de danificar nossa reputação corporativa e destruir nosso negócio. Que fique claro ao público que a companhia jamais esteve envolvida em atividades criminosas ou ilegais em qualquer país ou território em que opera.

Divulgadores da empresa acusada de pirâmide foram presos no ano passado na Itália e na Índia, sendo obrigados a devolver o dinheiro arrecadado. Na Bulgária, o Comitê Especial de Promotoria está fazendo investigações coordenadas com outros países na Europa e nas Américas em busca de suspeitos.

Leia também: Ex-CEO da Visa é Contratado por Startup de Pagamento em Criptomoeda

BitcoinTrade

Comprar e vender Bitcoin e Ethereum ficou muito mais fácil. A BitcoinTrade é a plataforma mais segura e rápida do Brasil. Além disso, é a única com a certificação de segurança PCI Compliance. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: https://www.bitcointrade.com.br/

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Coutinho será apresentado em São Januário neste sábado em evento exclusivo
Imagem da matéria: 228 sites de projetos DeFi estão sob risco de ataque DNS; entenda

228 sites de projetos DeFi estão sob risco de ataque DNS; entenda

Embora a extensão total do sequestro ainda não seja conhecida, centenas de sites de protocolo DeFi ainda estão em risco, disse a Blockaid
Imagem da matéria: Ethereum (ETH) deve passar de US$ 5 mil com estreia dos ETFs, diz Bitwise

Ethereum (ETH) deve passar de US$ 5 mil com estreia dos ETFs, diz Bitwise

Firma de investimentos entende que a alta do ether terá três motores principais; confira abaixo
Smartphone mostra logotipo da Binance à frente de tela de negociação

Binance vai excluir seis pares de negociação com Bitcoin, BNB e stablecoins; confira

As remoção das listagens ocorrem entre esta semana e a próxima; veja as datas e horários