Imagem da matéria: Bitcoin vai disparar graças ao fracasso dos bancos japoneses, diz Arthur Hayes
Arthur Hayes, cofundador da BitMEX (Foto: Reprodução)

O cofundador da BitMEX, Arthur Hayes, diz que o sistema bancário japonês está em sérias dificuldades e que as consequências só farão com que o Bitcoin e os mercados de criptomoedas subam.

Assim como os bancos americanos em março de 2023, Hayes argumentou na quinta-feira que os bancos japoneses em breve precisarão de um resgate massivo devido aos títulos do governo americano extremamente desvalorizados em seus balanços.

Publicidade

“Vocês sabem o que isso significa para o Bitcoin e as criptomoedas… por isso achei necessário alertar os leitores sobre outro caminho para a impressão discreta de dinheiro”, ele escreveu. Desde a crise bancária do ano passado e seu subsequente resgate pelo banco central, ele observou que o preço do Bitcoin subiu mais de 200%.

As semelhanças entre então e agora são impressionantes. No ano passado, o Silicon Valley Bank revelou que havia registrado uma perda de US$ 1,8 bilhão em seus títulos desvalorizados, desencadeando uma corrida aos bancos e um rápido resgate pelo Federal Reserve e o Tesouro dos EUA. Para conter o contágio no sistema bancário, o Fed também prometeu respaldar totalmente qualquer título do Tesouro dos EUA mantido nos bancos americanos.

Avançando para este mês, o quinto maior banco do Japão, Norinchukin, confirmou que pretende vender US$ 63 bilhões em títulos americanos e europeus até março de 2025, pois suas perdas nesses títulos se tornaram grandes demais para suportar.

Hayes acredita que isso é apenas a ponta do iceberg, já que os bancos japoneses detinham cumulativamente “US$ 850 bilhões em títulos estrangeiros entrando em 2022”, incluindo “quase US$ 450 bilhões em títulos americanos”, de acordo com uma pesquisa do FMI. Ele disse que uma potencial venda de títulos dessa magnitude é algo que a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, não estaria disposta a aceitar.

Publicidade

“Isso não pode ser permitido, pois os rendimentos aumentariam e tornariam o financiamento do governo federal extremamente caro”, disse Hayes. “Ela exigirá que o Banco do Japão (BOJ) compre esses títulos dos bancos japoneses que supervisiona.”

Para realizar isso, Hayes sugere, o BOJ utilizará sua facilidade de recompra de Autoridades Monetárias Estrangeiras e Internacionais (FIMA), que permite que ele ofereça títulos do Tesouro dos EUA como garantia em troca de novos dólares americanos impressos.

A consequência? Mais impressão de dinheiro e maiores ganhos para aqueles que possuem ativos como o Bitcoin. Como tal, Hayes disse que em breve estará migrando das stablecoins Ethena para o “risco cripto” e aconselhou os leitores a “comprar na maldita baixa”.

“Este é apenas mais um pilar do mercado de alta das criptomoedas”, concluiu. “A oferta de dólares deve aumentar para manter o atual sistema financeiro sujo baseado no dólar da Pax Americana.”

Publicidade

No início deste mês, Hayes disse aos seguidores que era hora de investir em Bitcoin e shitcoins, já que os bancos centrais estão começando a cortar as taxas de juros pela primeira vez em anos.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin salta 25% na semana e é a criptomoeda com melhor desempenho no top 100

Apesar dos ganhos recentes de 25%, a volatilidade ainda dita o tom do Notcoin (NOT)
Imagem da matéria: Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Os jogos “tap-to-earn” (toque para ganhar) no Telegram estão chamando a atenção das massas; veja como os jogadores estão ganhando com os airdrops de tokens
Pessoa segura smartphone com logo BUSD com as mãos apoiado em uma mesa

SEC encerra investigação sobre stablecoin da Binance sem ações de penalidade

A SEC alegou que a stablecoin BUSD era um valor mobiliário em um processo movido contra a Binance no ano passado
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pedem que EUA tratem diretor da Binance preso na Nigéria como refém

Numa resolução apresentada ao Congresso, os deputados French Hill e Rich McCormack apelaram à libertação de Tigran Gambaryan