Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey (Foto: Ryan Lash /TED/Flickr)

O cofundador do Twitter (agora chamado X) e entusiasta notório do Bitcoin, Jack Dorsey, acredita que a principal criptomoeda do mercado está prestes a mudar o mundo. E ele pensa que essa mudança ocorrerá dentro de alguns anos.

Falando em um encontro exclusivo para o solstício de verão, realizado na semana passada em um castelo na Toscana, Itália, Dorsey expressou confiança para um público de alto perfil de que o Bitcoin em breve passará de um reserva de valor a uma moeda dominante no Ocidente, que os detentores desejariam usar diariamente.

Publicidade

“Vai levar algum tempo”, disse Dorsey durante a conversa íntima intitulada “Tecnologia e Liberdade”, no evento organizado pelo lendário produtor musical Rick Rubin. “Não são 10 anos, pode ser 15. Pouco a pouco, as pessoas veem o valor deste sistema [e] por que ele é tão poderoso.”

Nesse ponto, disse Dorsey – quando o Bitcoin se tornar um meio preferencial para concluir transações não apenas no Sul Global, mas em todo o mundo – a moeda on-chain poderá destronar o dólar e se tornar o próximo método de pagamento global da Terra.

“Poderia potencialmente… complementar ou substituir o dólar americano, que governa tudo”, disse Dorsey, vestindo uma camiseta de Satoshi Nakamoto e uma corrente de ouro.

O empreendedor de tecnologia, que também fundou a empresa de tecnologia financeira Block, enfatizou a importância, em sua visão, de afastar a economia global de sua dependência atual tanto do dólar americano quanto do yuan chinês.

Publicidade

“Essas são duas entidades que controlam o valor do seu dinheiro, e você não as elege”, disse Dorsey sobre as moedas emitidas pelo governo. “Enquanto que [com] o Bitcoin, você tem muito mais controle e muito mais livre-arbítrio.”

Dorsey há muito é um dos mais proeminentes defensores do Bitcoin. Em maio, ele previu que o preço do BTC está prestes a ultrapassar US$ 1 milhão até o final da década.

A Block comprometeu-se recentemente a reinvestir 10% de seus lucros brutos de produtos e serviços relacionados ao Bitcoin na compra de mais da criptomoeda. A empresa, que desenvolveu o Square e o Cash App, também está supostamente sob investigação por procuradores dos EUA por supostas falhas de conformidade relacionadas a cripto.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Conta da cantora Doja Cat no Twitter é hackeada para divulgar memecoin na Solana

Conta da cantora Doja Cat no Twitter é hackeada para divulgar memecoin na Solana

Assim como Hulk Hogan, 50 Cent e Metallica, o nome da cantora astro do rap está sendo usado para bombear uma memecoin na Solana
Celular com logotipo da BInance

Binance lista novos pares para Ethereum, Pepe, BNB e Solana

A corretora também vai incluir os novos pares em seu serviço de robôs de negociação
Imagem da matéria: PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

Estima-se que foram importados para o país mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos cinco anos
miniaturas de homens e moedas de bitcoin em cima de bandeira da Alemanha

Governo alemão movimenta mais US$ 362 milhões em Bitcoin

Movimentação ocorre um dia após o governo transferir mais de US$ 900 milhões em BTC