Imagem da matéria: Bitcoin não é bom como hedge do mercado, diz JPMorgan
Fachada do banco JPMorgan, em Londres (Foto: Håkan Dahlström/Flickr)

O Bitcoin não é uma proteção contra quedas do mercado, disseram analistas do JPMorgan em um relatório divulgado nesta quinta-feira (21).

A criptomoeda, que tem uma capitalização de mercado de US$ 590 bilhões, é o “hedge menos confiável durante períodos de estresse agudo do mercado”, escreveram os estrategistas John Normand e Federico Manicardi em um relatório amplamente divulgado hoje.

Publicidade

Se o pânico do mercado induzido pela pandemia de 2020 é alguma indicação, o argumento da criptomoeda como hedge de mercado é muito fraco. Quando os mercados globais crasharam em meados de março do ano passado, o Bitcoin despencou para seu menor preço em anos, US$ 4.200. Desde então, à medida que a economia mundial se recuperou, aumentou para US$ 41.000.

Os analistas disseram que a adoção generalizada das criptomoedas significa que as pessoas estão as usando para ganhar ainda mais dinheiro. Isso significa que está correlacionado com o resto do mercado.

“O investimento em criptomoedas pelo mainstream está aumentando as correlações com ativos cíclicos, potencialmente convertendo-os de seguro para alavancagem”, disseram eles.

Mas, “sejam as criptomoedas eventualmente julgadas como uma inovação financeira ou uma bolha especulativa, o Bitcoin já alcançou a valorização de preço mais rápida de qualquer ativo indispensável”.

Publicidade

Em um relatório na semana passada, o estrategista sênior de mercados globais do JPMorgan, Nikolaos Panigirtzoglou, disse que o valor intrínseco do Bitcoin aumentará nos próximos meses conforme a atividade de mineração melhorar. Ele disse que poderia chegar a US $ 146.000 conforme os investidores de ouro transferissem seu dinheiro para o Bitcoin.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Imagem da matéria: Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Em maio de 2022, o ecossistema da Terra (LUNA) entrou em uma “espiral da morte” que levou uma das criptomoedas consideradas mais promissoras daquele ano a cair para zero em 24 horas
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX