Imagem da matéria: Bolsa do Canadá Vai Oferecer Bitcoin e Ethereum
Criptomoedas começarão a ser vendidas no segundo semestre (Foto: Pixabay)

A Bolsa de Valores de Toronto (TSX), no Canadá, vai lançar uma plataforma exclusiva para negociação de criptomoedas. Segundo o site News Bitcoin, o serviço será oferecido por meio da Shorcan Digital Currency Network (Shorcan DCN) e o foco será em Bitcoin e Ethereum.

O nova atividade de corretagem está sendo formada por meio de um acordo com a Shorcan Brokers Limited, subsidiada pelo TMX Group Ltd., e com a empresa de startup Paycase Financial Corp., especializada em serviços financeiros descentralizados e operações em dispositivos móveis, também com sede em Toronto.

Publicidade

A TSX, que pertence ao grupo TMX, oferecerá a seus clientes a oportunidade de comprar e vender duas das mais populares criptomoedas — Bitcoin e Ethereum. O suporte para outros criptoativos se estenderá conforme solicitação de seus clientes.

Joseph Weinberg, CEO da Paycase, descreveu o projeto como a construção da “primeira grande ponte entre o mundo criptográfico e os mercados financeiros tradicionais”.

“Esse acordo representa a verdadeira institucionalização das criptomoedas como uma classe de ativos”, disse Weinberg.

John Lee, Diretor Executivo de Inovação Empresarial e Desenvolvimento de Produto da TMX também se manifestou em nota da empresa:

“A empresa está procurando novas maneiras de atender às necessidades de seus clientes em mercados tradicionais e não tradicionais”.

A administração do Grupo espera que o DCN (tecnologia que combina os protocolos da internet com tecnologias tradicionais) do Shorcan permita estabelecer links entre o TMX e o espaço de criptomoedas.

A plataforma deve estrear no segundo trimestre deste ano. “Estamos empolgados em firmar este acordo com a Paycase, líder do setor com um espírito inovador e empreendedor”, disse o presidente da subsidiária, Peter Conroy, citado também no site oficial da TMX.

Publicidade

Mercado de bilhões de dólares

A parceria com o provedor de pagamentos Paycase criará um índice (benchmarks) de criptomoedas baseado em dados consolidados das principais trocas de criptomoedas do mundo. Benchmarks é processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais.

O objetivo inicial é cobrir abertamente, sem a necessidade de licença, de 2% a 5% do mercado global atualmente estimado entre US$ 4 e 9 bilhões em criptomoedas, explicou Conroy. Os serviços bancários serão fornecidos por um dos maiores bancos do Canadá, o Banco de Montreal (BMO).

Em fevereiro deste ano, a Bolsa de Valores do Canadá anunciou planos para lançar uma plataforma baseada na tecnologia Blockchain para compensação de tokens qualificados como títulos.

Leia também: Eduardo Bolsonaro é a Favor do Bitcoin e Diz Que Criptomoeda é Tendência Mundial

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Projeto para soluções do sistema carcerário via blockchain vence hackathon na Ethereum Rio

Freedom Chains visa que todo tipo de comportamento do preso seja registrado on chain para evitar corrupção ou injustiças
Imagem da matéria: Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Integrar as dezenas de redes de segunda camada é o próximo grande passo, tanto para programadores quanto usuários finais