Imagem da matéria: Bitcoin dispara US$ 1.000 em 30 minutos e recupera os US$ 10.500
(Foto: Shutterstock)

Em um inesperado movimento de alta, o bitcoin disparou 11% em menos de trinta minutos e recuperou o patamar dos US$ 10.000.

Após bater a mínima mensal de US$ 9.085 na manhã de quarta (17), o BTC era negociado em torno dos US$ 9.400 nesta quinta. Às 11:30, horário de brasília, um forte volume comprador iniciou um movimento que elevou o preço para US$ 10.440.

Publicidade

O impulso inicial pode estar associado com a grande liquidação de contratos futuros de bitcoin vistas no mesmo horário do movimento de alta, como relatado por twitter @WhaleCalls.

No Brasil, o preço saiu de R$ 34.900 no início do dia e a criptomoeda já é cotada acima dos R$ 38.500.

A alta volatilidade nas últimas semanas fez o bitcoin variar entre US$ 9.000 e US$ 13.000, o que fez seu volume negociado nas bolsas globais atingir recorde histórico.

De acordo com dados do Coinmarketcap, o volume negociado de BTC entre 17 de junho a 16 de julho foi de US$ 769,8 bilhões – o maior valor já registrado dentro de 30 dias. A média diária do período foi de US$ 25,6 bilhões. A fim de comparação, o volume médio diário acumulado no ano é cerca de 42% menor, de US$ 14,8 bilhões.

Publicidade

Bitcoin x governo Americano

A briga entre governos e criptomoedas cresceram nas última semanas após o anúncio da Libra, a criptomoeda do Facebook. Analistas responsabilizaram quase que universalmente esse evento com a queda de preço do Bitcoin, temendo uma futura regulação.

O analista sênior da EToro, Mati Greenspan, observou que a queda do bitcoin começou após a primeira audiência do executivo do Facebook, David Marcus, no Senado Americano

O deputado Patric McHenry disse que não há autoridade, nem mesmo a China, que poderia “matar o Bitcoin”. Além disso, o presidente do Banco Central dos EUA expressou sua opinião sobre Bitcoin, dizendo ser uma “reserva de valor … como ouro”.

Mercado se recupera

O movimento do bitcoin puxou as principais criptomoedas para cima. Ethereum, Litecoin e XRP operam em alta de 5,06%, 3,1% e 11,2% respectivamente.

Publicidade

O valor de mercado total dos criptoativos teve ganho de US$ 20 bilhões no dia. O marketshare do bitcoin se manteve acima dos 65%.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita