Imagem da matéria: Banco suíço fecha parceria com startup para oferecer serviços de criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

O banco Julius Baer, ​​uma das maiores instituições financeiras privadas da Suíça, vai oferecer acesso às criptomoedas a seus clientes, conforme comunicado oficial nesta terça-feira (26). Entre os pacotes estão: armazenamento, transações e investimentos.

“O Julius Baer tem o prazer de anunciar a colaboração com a SEBA para fornecer aos seus clientes acesso a uma gama de novos serviços de ativos digitais”, diz o comunicado.

Publicidade

O banco se refere à parceria com a SEBA Crypto AG, uma empresa com foco no setor de criptomoedas. Ela pretende construir uma ponte tecnológica supervisionada e progressiva entre a Autoridade Federal de Vigilância do Mercado Financeiro (FINMA) e os mercados tradicionais e criptoeconômicos.

A SEBA arrecadou US$ 103 milhões no ano passado. Na ocasião, Andreas Amschwand, executivo de ambas empresas disse que o compromisso era estabelecer um ambiente regulatório abrangente para o desenvolvimento da tecnologia blockchain e o crescimento sustentável e estável de criptoativos.

Banco cita crescente demanda

O artigo do Julius Baer diz que o banco pretende fornecer a seus clientes o acesso às criptomoedas em consonância com a crescente demanda por criptoativos.

“Espera-se que a SEBA seja uma das primeiras startups na criptoeconomia a fechar a lacuna regulatória entre ativos convencionais e digitais”, diz um trecho do comunicado.

Publicidade

Peter Gerlach, chefe de marketing do Julius Baer e membro da diretoria da SEBA, comentou:

“No Julius Baer, ​​estamos convencidos de que os criptoativos vão se tornar uma classe de ativos legítimos e sustentáveis no portfólio de um investidor. O investimento na SEBA, bem como nossa forte parceria, são provas do engajamento de Julius Baer no setor e nossa dedicação para tornar inovações pioneiras disponíveis para o benefício de nossos clientes”.

Guido Buehler, CEO da SEBA, falou em fortalecimento da parceria e benefícios.

“Estamos muito orgulhosos por ter o Julius Baer como investidor. A SEBA permitirá acesso fácil e seguro à criptoeconomia em um ambiente totalmente regulado. A parceria entre a SEBA e o Julius Baer, ​​sem dúvida, criará valor para ambos e para os clientes”, afirmou Buehler.

Ação aponta para o que muitos esperam

A ação do Julius Baer pode apontar para uma mudança significativa no mercado de criptomoedas, já que a adesão à criptoeconomia por instituições financeiras tradicionais é um dos momentos mais aguardados em âmbito mundial.

Nos últimos meses, Fidelity, Nasdaq, ICE, todas globalmente gigantes, começaram a fortalecer a infraestrutura de apoio às criptomoedas. O Julius Baer é o quarto maior conglomerado financeiro a entrar no novo mercado.

Publicidade

Clique aqui e siga o Portal do Bitcoin no Instagram


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: ETFs de Ethereum podem finalmente estrear semana que vem

ETFs de Ethereum podem finalmente estrear semana que vem

A SEC orientou as gestoras a enviar declarações de registro finalizadas para lançamento dos ETFs na próxima terça, 23 de julho
Imagem da matéria: Binance anuncia Banana Gun como 1º projeto do seu portal de airdrops

Binance anuncia Banana Gun como 1º projeto do seu portal de airdrops

O token BANANA será listado na Binance neste sábado (20)
Imagem da matéria: Divulgador da BitConnect é proibido de administrar empresas por 5 anos

Divulgador da BitConnect é proibido de administrar empresas por 5 anos

Bigatton foi condenado na sexta-feira (12) a três anos de reconhecimento de bom comportamento e desqualificado para administrar empresas por cinco anos
Joe Biden posa para foto

Mercados de previsão cripto enlouquecem com desistência de Biden e apoio a Kamala Harris

Os mercados da Polymarket reagiram com volatilidade, com Trump liderando na plataforma e Harris o superando no voto popular