Imagem da matéria: Arthur Inc lança uma nova operação  de mineração de Bitcoin nos Estados Unidos
Operação em Oklahoma da Arthur Inc (Imagem: Divulgação)

A Arthur Inc anunciou nesta terça-feira (18) a sua expansão nos Estados Unidos. A empresa iniciou as operações de uma nova unidade de mineração de Bitcoin nas proximidades de Oklahoma City, com um aporte de US$ 4 milhões.

A unidade da Arthur Inc, em Oklahoma, segue a mesma linha de negócio que a companhia utiliza para comprar a energia ociosa para a mineração de Bitcoin. De acordo com projeções da companhia, as novas operações devem gerar uma receita adicional de aproximadamente US$ 9 milhões ao ano.

Publicidade

“A expansão para Oklahoma está alinhada à estratégia de diversificação geográfica que a Arthur Inc está buscando nos Estados Unidos, e deve replicar no Brasil. A ideia base é utilizar a energia ociosa para gerar receita nas regiões onde atua, contribuindo assim para um modelo de economia sustentável, em que une tecnologia, meio-ambiente e transformação digital”, afirma Rudá Pellini, co-fundador da Arthur Inc.

A área total da planta é de 6.800 m² e possui uma capacidade energética 15MW (Megawatt), equivalente ao abastecimento energético de oito shoppings center de grande porte. O espaço conseguirá abrigar a instalação de cerca de 5000 computadores de alto desempenho (HPC).

Junto à operação da própria Arthur Inc, o local também é destinado ao mercado de hosting (hospedagem) para a mineração de criptomoedas, modelo de negócio já realizado pela companhia em Ohio. O aluguel do espaço ocorre por empresas que já possuem os equipamentos de HPC, mas não têm locais para realizarem a mineração de criptomoedas e nem equipes de profissionais especializados que fazem instalação, monitoramento e manutenção de toda a infraestrutura de TI, essenciais para impedir riscos operacionais e realizar a integração adequada das soluções tecnológicas.

A instalação da nova unidade foi viabilizada por meio do acordo com a empresa Oklahoma Gas and Electric Company (OG&E). Isso possibilitou alcançar um custo inferior a US$0,04 por kWh (kilowatt-hora) de energia consumida, gerando uma economia de até 40% em relação ao que é cobrado para o cliente final. “Essa unidade oferece um dos menores custos no consumo de energia do mercado, o que é um diferencial competitivo bastante interessante para a companhia e permite vislumbrar um crescimento saudável e sustentável para toda a operação”, avalia o executivo.

Publicidade

Além dos EUA, a Arthur Inc iniciou as suas operações no Brasil em janeiro de 2024, no estado de Tocantins, região Norte do país. O projeto teve um investimento de aproximadamente US$1 milhão, com projeções de retorno (TIR) superior a 30% a.a. em dólar. A companhia possui uma previsão de receita de US$ 40 milhões já no primeiro ano de operação dentro do mercado brasileiro.

  • Quer ter a chance de ganhar 1 ethereum (ETH)? Abra sua conta grátis no Mercado Bitcoin e comece a negociar o quanto antes
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas tiveram entradas líquidas de US$ 441 milhões após quatro semanas de saídas, com investidores vendo oportunidade na queda dos preços
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Manhã Cripto: Trump vai participar da maior conferência de Bitcoin do mundo

Donald Trump estará na Bitcoin Conference 2024, que acontece em Nashville no final deste mês
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin cai 14% após novo projeto desagradar comunidade

Jogo viral do Telegram, Notcoin sofre um grande golpe à medida que o “recomeço” anunciado pelos criadores não surtiu efeito na comunidade
Tela de computador com logotipo da Binance e lente de aumento

Binance aumenta capital da B Fintech em 37.300%, indo de R$ 50 mil para R$ 18,7 milhões

B Fintech é o nome da Binance nos registros empresariais do Brasil