Imagem da matéria: Analista aposta no bitcoin a US$ 2.270 após ter “previsto” US$ 25.000 em 2018
(Foto: Shutterstock)

A Fundstrat publicou uma análise gráfica demonstrando que o Bitcoin pode cair até US$ 2.270. A empresa tem como cofundador e analista Tom Lee, conhecido por suas análises e previsões de preço para o Bitcoin.

Lee havia previsto que o preço do Bitcoin iria atingir US$ 25 mil até o final de 2018. A queda de novembro levou o analista a reduzir sua previsão para US$ 15 mil. No entanto, contrario às projeções, a criptomoeda fechou o ano perto de US$ 3.800.

Publicidade

2019 não aliviou o mercado, que continua em queda, tendo entrado em um dos períodos mais longos de baixa da história das criptomoedas.

Em um e-mail à Bloomberg, a empresa de pesquisa de mercado disse que o bitcoin poderia continuar caindo caso ultrapasse a marca de US$ 3.100.

Queda pode chegar a US$ 2.270

A Fundstrat divulgou o gráfico de três de seus índices de de criptomoedas: FS CryptoFX 10, FS CryptoFX 40 e FS CryptoFX 250. Os números 10, 40 e 250 refletem o ranking de criptomoedas no índice. Por exemplo, o CryptoFX 10 acompanha os dados de preço das dez maiores criptomoedas por capitalização de mercado, que incluem Bitcoin, Ether e XRP. Da mesma forma, o CryptoFX 40 acompanha as principais 11 a 40 moedas digitais. E assim por diante.

Robert Sluymer, o estrategista de mercado da Fundstrat Global Advisors, descobriu que o CryptoFX 250, um índice composto por moedas menores, estava em risco máximo. Ele disse à Bloomberg:

Publicidade

“A estrutura de preços para a maioria das criptomoedas continua fraca e parece vulnerável a um rompimento. Os indicadores da Fundstrat mostram que corre o risco de se atingir novas mínimas de preço.”

Enquanto o índice CryptoFX 250 acompanha apenas o desempenho das 51 principais a 300 criptomoedas por capitalização de mercado, seu desempenho negativo também afetou o sentimento do mercado dos outros índices.

O índice CryptoFX 10, que inclui o bitcoin, também estava sugerindo um cenário de fundo duplo em breve.

“Um rompimento abaixo das mínimas do quarto trimestre [de 2018], de US$ 3.100 implicaria uma queda para US$ 2.270, enquanto uma movimentação acima de US$ 4.200 é necessária para sinalizar que o Bitcoin está começando a melhorar”, disse Sluymer sobre o bitcoin.


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mais de uma década após a maior exchange de Bitcoin do mundo ser hackeada, os credores da Mt. Gox finalmente receberão seus reembolsos; aqui está o que aconteceu
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores
Imagem da matéria: De “Bitcoin é uma fraude” a candidato cripto: como Trump mudou para agradar investidores

De “Bitcoin é uma fraude” a candidato cripto: como Trump mudou para agradar investidores

O ex-presidente dos EUA já chamou o Bitcoin de fraude, mas agora se aproxima do setor cripto para angariar votos
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio