Imagem da matéria: A empresa que tem US$ 4,5 bilhões em bitcoin e quer mais
Foto: Shutterstock

A MicroStrategy já acumula um montante superior a 90 mil bitcoins e, embora tenha investido recentemente mais US$ 1 bilhão, ela não planeja parar tão cedo, de acordo com o comunicado da empresa publicado na quarta-feira (24).

“Continuaremos a perseguir nossa estratégia de adquirir bitcoin com dinheiro excedente e podemos, de tempos em tempos, sujeito às condições de mercado, emitir dívida ou títulos patrimoniais em transações de aumento de capital com o objetivo de usar o produto para comprar bitcoin adicional”, disse CEO da Microstrategy, Michael Saylor.

Publicidade

No dia 24 de fevereiro, a empresa de bussiness inteligence anunciou que comprou 19.452 Bitcoin, no valor de US$ 1,026 bilhão, a um preço médio de US$ 52.765 por BTC. A compra de Bitcoin da MicroStrategy elevou o valor de suas participações em BTC para cerca de US$ 4,5 bilhões no total.

A aventura da MicroStrategy

A MicroStrategy começou a explorar Bitcoin como um investimento no ano passado, quando a empresa comprou US$ 425 milhões em BTC em agosto e setembro. No final do ano, seus investimentos em Bitcoin ultrapassaram US$ 1,125 bilhão.

“Em 21 de dezembro de 2020, a empresa detinha um total de aproximadamente 70.470 bitcoins, que foram adquiridos a um preço de compra agregado de aproximadamente US$ 1,125 bilhões e um preço médio de compra de aproximadamente US$ 15.964 por bitcoin, incluindo taxas e despesas”, relatou a MicroStrategy no momento.

Graças às suas compras maciças de Bitcoin, a empresa sem dúvida ajudou a pavimentar o caminho para investimentos institucionais em criptomoedas, com muitas empresas tradicionais subsequentemente anunciando planos de comprar Bitcoin e outras criptomoedas para suas reservas.

Publicidade

Talvez o exemplo mais notável seja a gigante dos carros elétricos Tesla, que investiu US$ 1,5 bilhão em Bitcoin dois meses depois da MicroStrategy – depois que Saylor se ofereceu para compartilhar suas ideias com o CEO Elon Musk.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin empilhadas em formato de torre

Alta do Bitcoin vai além de Trump e fundamentos mostram possível forte recuperação, diz analista

Beto Fernandes, analista da Foxbit, afirma que os próprios fundamentos do Bitcoin explicam a valorização e ressalta relação oferta e demanda
Cauda de baleia sob um mar de moedas de bitcoin

Baleia de Bitcoin acorda depois de 12 anos e movimenta R$ 37 milhões

Antes disso, a última transação ocorreu em fevereiro de 2012, quando esse endereço enviou 2,98 BTC, que na época valiam apenas US$ 15
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA no fundo

Fed diz que inflação está caindo, mas não rápido o suficiente: por que isso importa para o Bitcoin?

A queda da inflação beneficia os ativos de risco, incluindo as criptomoedas, pois daria ao Fed confiança para começar a reduzir as taxas de juros este ano
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões